Jan Malmsjö

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jan Malmsjö
Jan Malmsjö em 2014
Nome completo Jan Wilhelm Malmsjö
Nascimento 29 de maio de 1932 (89 anos)
Lund
Nacionalidade sueco
Ocupação Ator e cantor
Período de atividade 1950—

Jan Wilhelm Malmsjö, mais conhecido por Jan Malmsjö (Lund, 29 de maio de 1932) é um cantor e ator sueco que atua no teatro, cinema e televisão. [1] [2] [3]

É casado com Marie Göranzon, e pai de Jonas Malmsjö. [1] [4]

É um artista multifacetado com uma longa carreira de sucesso no teatro, no cinema, na televisão e no teatro musical. [5] [6] Atuou em variadas cenas, tais como o Teatro Municipal de Malmö, o Teatro Municipal de Gotemburgo e sobretudo o Teatro Dramático Real, em Estocolmo. [7] [5] [6] [8] Durante uma estadia nos Estados Unidos, colaborou no filme Cortina Rasgada de Alfred Hitchcock. [3] É conhecido por ter recitado o poema Nyårsklockan de Alfred Tennyson na passagem do ano no Skansen, em Estocolmo, entre 2001 e 2013. [5]

Entre as peças de teatro em que participou, estão Stoppa världen - jag vill stiga av (1963; em inglês: Stop the World – I Want to Get Off), La cage aux folles (1985; em português: A gaiola das loucas) e Fiddler on the Roof (1997; no Brasil, Um Violinista no Telhado; em Portugal, Um Violino no Telhado). [5] [6]

Entre os filmes em que participou, sob a direção do realizador Ingmar Bergman, podem ser destacados Scener ur ett äktenskap (1974; em Portugal, Cenas da vida conjugal; no Brasil, Cenas de um casamento) e Fanny e Alexander (1982). [7] [5] [6]

Entre os prémios e distinções atribuídos a Jan Malmsjö estão o Prémio Thalia do Svenska Dagbladet (1972), as medalhas reais Illis quorum e Litteris et artibus (1986), o Prémio O’Neil do Teatro Dramático Real (1988), a Máscara de Ouro (2009), o prémio de teatro da Academia Sueca (1992) e a medalha de ouro da Associação Sueca de Teatro (2002). [2] [9]

Referências

  1. a b «Jan Malmsjö» (em sueco). Enciclopédia Nacional Sueca. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  2. a b «Jan Malmsjö» (em sueco). The Swedish Film Database. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  3. a b «Jan Malmsjö» (em sueco). Fundacão Ingmar Bergman. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  4. «Marie Göranzon» (em sueco). The Swedish Film Database. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  5. a b c d e Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Jan Malmsjö». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 606. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 
  6. a b c d «Jan Malmsjö» (em norueguês). Store norske leksikon – Grande Enciclopédia Norueguesa. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  7. a b «Jan Malmsjö». Norstedts uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts. 2007-2008. p. 786. 1488 páginas. ISBN 9789113017136 
  8. Birthe Johansen. «Jan Malmsjö» (em dinamarquês). Den Store Danske Encyklopædi – Grande Enciclopédia Dinamarquesa. Consultado em 15 de setembro de 2021 
  9. «Lars-Åke Wilhelmsson prisad på Guldmasken» (em sueco). Arbetarbladet. Consultado em 16 de setembro de 2021. Vinnarna... Bästa manliga biroll - Jan Malmsjö ("My fair lady") 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Jan Malmsjö