Jardim Botânico de Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jardim Botânico de Santos
Tipo jardim botânico
Geografia
Coordenadas 23° 56' 17.1" S 46° 22' 22.3" O
Localização Santos - Brasil

O Jardim Botânico de Santos ou Jardim Botânico Municipal Chico Mendes [1][2], cujo nome homenageia o ativista ambiental Chico Mendes, está situado na cidade de Santos, estado de São Paulo, Brasil.

O local é um parque ecológico destinado a preservar diferentes espécies de plantas e cultivar as mudas para abastecer o jardim da praia e outros logradouros da cidade.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Fundado em 1925, no antigo Horto Municipal que ficava ao lado da Santa Casa. Em 1973, esse cultivo passou a ser feito no terreno atual. Em 1994 o Horto se transformou em Jardim Botânico, passando a acolher programas de conservação das espécies nativas da Mata Atlântica. Reformado pela Prefeitura em 2001, ganhou chafariz e deck de madeira no lago maior, destinado à eventos culturais.

Com 90 mil m², tem um acervo superior a 300 espécies vegetais, divididas em 20 coleções, com destaque para as espécies da Mata Atlântica, as espécies da Amazônia, o bosque de pau-brasil (inaugurado em 2001), árvores de madeira de lei e 65 qualidades de palmeiras, inclusive a imperial. Também possui um parque equipado com bancos e mesas de madeira, três lagos e viveiro de animais silvestres, além de playground e campo de futebol.[3]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Após reforma ocorrida em 2015, o espaço passou a contar com a Torre de Observação de aves, prédio com 22 metros de altura[4] e quatro andares, que possibilita a visualização das mais de 90 espécies de aves que sobrevoam a região, um dos únicos espaços deste tipo no Brasil em área pública urbana[5].

O espaço possui ainda quatro trilhas, sendo que a maior delas possui cerca de 400 metros. Ao lado da área de convivência, local com mesas e bancos para descanso, localiza-se a área acessível, primeiro parque totalmente acessível da baixada santista, que possui balanços, trepa-trepa e painéis sensoriais acessíveis a pessoas com deficiência.

Além disso, cerca de 86 canteiros de hortaliças e plantas ornamentais estão sob cuidados dos mais de 17 grupos de voluntários que, por meio do Programa Quem Colhe Planta, podem obter metade do plantio desse cultivo e a outra metade é destinada a cooperativas de catadores. Dentro do Jardim Botânico também existe o Centro de Aprendizado em Compostagem e Agricultura Urbana (Cacau) que disponibiliza oficinas aos visitantes para disseminar técnicas de plantio e compostagem[6].

A sua vegetação, a qual cerca de 72% é nativa do Brasil, é advinda de um processo de planejamento desde 1991, o qual possibilitou que o Jardim tivesse uma coleção botânica representativa da Mata Atlântica mas com destaque em relação ao entorno urbanizado do bairro[4].

Referências

  1. Jardim botânico | Prefeitura de Santos
  2. Jardim Botânico Chico Mendes | Prefeitura de Santos
  3. Jardim Botânico Municipal de Santos Chico Mendes Arquivado em 10 de agosto de 2014, no Wayback Machine. Brasiliana - Site Fiocruz
  4. a b Pivelli, Sandra (2021). «Avifauna do Jardim Botânico Municipal de Santos Chico Mendes de 2003 a 2021». Unisanta Bioscience. 10 (3): 140-153 
  5. «Torre de Observação de Aves amplia estrutura no Jardim Botânico de Santos». Prefeitura Municipal de Santos. 14 de dezembro de 2021. Consultado em 17 de setembro de 2022 
  6. «Jardim Botânico de Santos é opção de passeio durante as férias». Santa Portal. 23 de janeiro de 2022. Consultado em 17 de setembro de 2022