Jayme Thomás Florence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Meira
Informação geral
Nome completo Jayme Thomás Florence
Nascimento 1 de outubro de 1909
Local de nascimento Paudalho
Morte 8 de novembro de 1982 (73 anos)
Local de morte Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação(ões) violonista e compositor
Instrumento(s) violão

Jayme Thomás Florence, conhecido como Meira (Paudalho, 1 de outubro de 1909Rio de Janeiro, 8 de novembro de 1982), foi um violonista e compositor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Paudalho em 1909, aos dezoito anos já residia em Recife, onde fazia parte do conjunto Voz do Sertão, liderado por Luperce Miranda.[1] No ano seguinte mudou-se para o Rio de Janeiro e em 1937 passou a integrar o regional de Benedito Lacerda, junto com Canhoto e Dino.[2] Faleceu no Rio de Janeiro poucos dias após completar 73 anos.[1]

Gravações[editar | editar código-fonte]

Embora jamais tenha gravado um disco próprio, suas composições foram gravadas por diversos intérpretes como Elizeth Cardoso, Nana Caymmi, Orlando Silva, Luiz Gonzaga, Elza Soares, Nélson Gonçalves, Isaurinha Garcia, Zezé Gonzaga, Taiguara e Danilo Caymmi. Seu choro Primavera — mais tarde renomeado Arranca Toco — foi gravado por Benedito Lacerda em 1934. Com Dilermando Reis gravou diversos discos de 78 rpm entre 1941 e 1949.[2]

Ensino[editar | editar código-fonte]

Dedicou-se intensamente a ensinar o instrumento a centenas de violonistas, entre os quais se destacam Baden Powell, Raphael Rabello e Maurício Carrilho.[2]

Referências

  1. a b «Meira». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 9 de novembro de 2014 
  2. a b c MACEDO, Laura (1 de outubro de 2009). «O moderno Violão de Jayme Florence - o Meira». Jornal GGN. Consultado em 9 de novembro de 2014