João Avamileno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
João Avamileno
21° Prefeito de Santo André Bandeira de Santo André.png
Período 18 de janeiro de 2002
até 1º de janeiro de 2009
Antecessor(a) Celso Daniel
Sucessor(a) Aidan Ravin
Dados pessoais
Nascimento 26 de junho de 1944
Boracéia, SP
Partido PT

João Avamileno (Boracéia, 26 de junho de 1944) é um político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores. Assumiu o cargo de prefeito de Santo André após o assassinato do prefeito Celso Daniel em 2002. Foi reeleito em 2004.

Biografia[editar | editar código-fonte]

João Avamileno nasceu na cidade de Boracéia, comarca de Jaú, no ano de 1944. Em 1962, muda-se para Santo André e torna-se ajudante da Pirelli Cabos. Em 1975, fez parte das comissões de negociação do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, participando de greves em 79 e 80. No Sindicato, Avamileno foi tesoureiro, secretário-geral e por duas vezes consecutivas, presidente. Em 1992 afastou-se do Sindicato para candidatar-se vereador pelo Partido dos Trabalhadores em Santo André. Em 1996, assume o cargo de vice-prefeito da cidade na chapa de Celso Daniel, sendo reeleito em 2000. Com a morte de Celso em 2002, assume a chefia do executivo municipal.[1] Em 2004, Avamileno é reeleito prefeito de Santo André com 53,48% dos votos válidos.[2]

Referências

  1. «João Avamileno - Museu da Pessoa». Consultado em 17 de dezembro de 2014 
  2. «Placar SP/Santo André - UOL Eleições 2004». Consultado em 17 de dezembro de 2014 
Precedido por
Celso Daniel
Prefeito de Santo André
2002 - 2008
Sucedido por
Aidan Ravin
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.