Joan Collins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Joan Collins
OBE
Collins em 1955
Nascimento 23 de maio de 1933 (89 anos)
Paddington; Londres; Inglaterra
Nacionalidade britânica
Progenitores Mãe: Elsa Bessant
Pai: Joseph William Collins
Parentesco Jackie Collins (irmã)
Cônjuge
Filho(a)(s) 3
Ocupação
Período de atividade 1951–presente
Título OBE , recebido em 1997
Dame, recebido em 2015
Página oficial
joancollins.net
Joan Collins e Sophia Loren

Joan Henrietta Collins,[1]OBE [1] (Londres, 23 de maio de 1933) é uma atriz, escritora e colunista britânica. Ela estreou no teatro aos nove anos de idade, treinou na Royal Academy of Dramatic Art (RADA), participou de filmes britânicos em 1951 e foi para Hollywood sob contrato com a 20th Century Fox em 1955.

Em 1981, conseguiu o papel de Alexis Colby, ex-esposa vingativa e ardilosa de Blake Carrington, personagem de John Forsythe, na soap opera Dinastia dos anos 80, que a transformou em uma estrela internacional e lhe rendeu um Globo de Ouro de Melhor Atriz em 1982.

Em 2015, ela foi condecorada dame pela rainha Elizabeth II pelos serviços prestados à caridade.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Joan Collins ficou famosa ao interpretar o papel de Alexis Carrington Colby na série de televisão americana Dynasty. É irmã da escritora Jackie Collins. Fez uma participação especial na Série Clássica Star Trek: The City on the Edge of Forever (A Cidade a Beira da Eternidade) no papel de "Edith Keeler". Fez uma participação no seriado Contos de Fadas - João e Maria de 1977, interpretando 2 papeis. Em 2018, Joan apareceu em American Horror Story: Apocalypse como Evie Gallant.

Vida privada[editar | editar código-fonte]

Em 2014, Joan Collins revelou que foi violada quando tinha 17 anos pelo ator Maxwell Reed, que viria a ser o seu primeiro marido.[2]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Memórias

  • Past Imperfect: An Autobiography – versão britânica (1978)
  • Katy: A Fight for Life, A Memoir (1982)
  • Past Imperfect: An Autobiography – versão britânica (1984)
  • Second Act: An Autobiography (1996)
  • The World According to Joan (2011)
  • Passion For Life: An Autobiography (2013)[3]
  • My Unapologetic Diaries by Joan Collins (2021)[4]

Não-ficção

  • The Joan Collins Beauty Book (1980)
  • My Secrets (1994)
  • Health, Youth and Happiness: My Secrets (1995)
  • My Friends' Secrets (1999)
  • Joan's Way: Looking Good, Feeling Great (2002)
  • The Art of Living Well: Looking Good, Feeling Great (2007)

Ficção

  • Prime Time, um romance (1988)
  • Love and Desire and Hate, um romance (1990)
  • Too Damn Famous, um romance (1995) renomeado Infamous para os EUA (1996)
  • Star Quality, um romance (2002)
  • Misfortune's Daughters, um romance (2005)
  • The St. Tropez Lonely Hearts Club, um romance (2015)

Por outros autores

  • Joan Collins por John Kercher, Gallery Books (1984)
  • Joan Collins: The Unauthorised Biography por Jeff Rovin, Bantam Books (1984)
  • Joan Collins, Superstar: A Biography by Robert Levine, Dell Publishing (1985)
  • A Touch of Collins by Joe Collins, Columbus Books (1986)
  • Portraits of a Star by Eddie Sanderson, Hodder & Stoughton (1987)
  • Inside Joan Collins: A Biography por Jay David, Carroll & Graf Publishers, Inc. (1988)
  • Hollywood Sisters: Jackie and Joan Collins por Susan Crimp e Patricia Burstein, St. Martin's Press (1989)
  • Joan Collins: The Biography of an Icon por Graham Lord, Orion (2007)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Joan Collins profile, FilmReference.com; retrieved 1 December 2008.
  2. «Joan Collins. "Fui violada quando tinha 17 anos" - vídeo» 
  3. «Thanks for the memoirs, Joan Collins». Daily Express. 25 de junho de 2012. Consultado em 31 de outubro de 2012 
  4. «Dame Joan Collins's 'outrageous' diary entries to be published». independent (em inglês). Consultado em 26 de fevereiro de 2021