Johannes Janssonius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Johannes Janssonius
Nascimento 1588
Arnhem
Morte 11 de julho de 1664 (76 anos)
Amesterdão
Cidadania Países Baixos
Ocupação cartógrafo, editor

Johannes Janssonius (Arnhem, 1588Amsterdã, 11 de julho de 1664), também chamado Jan Janszoon (não confundir com o pirata Jan Janszoon van Haarlem), foi um cartógrafo, editor e gravador neerlandês que viveu e trabalhou em Amsterdã no século XVII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em 1612 Casou-se com Elisabeth de Hondt, filha do cartógrafo Jodocus Hondius. Publicou seus primeiros mapas da França e da Itália em 1616. Em 1623 Janssonius era proprietário de livraria em Frankfurt (depois, também nas cidades de Danzig, Estocolmo, Copenhague, Berlim, Königsberg, Genebra e Lyon). Elisabeth morreu em 1627 e Johannes voltou a se casar, dessa vez com Elisabeth Carlier, em 1629. Em 1630, em sociedade com seu cunhado Henricus Hondius, publicou vários atlas denominados de Mercator/ Hondius/ Janssonius.

O Atlas Novus (Nieuwen Atlas), de Janssonius (1641).

Sob a direção de Janssonius , o Atlas de Hondius foi constantemente ampliado. Renomeado Atlas Novus, era constituído de três volumes, em 1638 - sendo um deles inteiramente dedicado à Itália. Em 1646 um quarto volume foi publicado sob o título de English County Maps, sendo que um ano depois foi publicada uma edição similar, por Willem Blaeu, razão pela qual Janssonius foi acusado de plagiar o trabalho de seu rival[1], mas muitos dos seus mapas são anteriores aos de Blaeu e mostram regiões diferentes. Em 1660, quando o Atlas assumiu o nome mais apropriado de Atlas Major, o número de volumes chegava a 11, contendo o trabalho de uma centena de autores e gravadores acreditados. O Atlas inclui uma descrição "maior parte das cidades do mundo" (Townatlas'), do mundo marinho (Atlas maritimus em 33 mapas), e do mundo antigo (60 mapas). O 11º volume foi o atlas do ceu, de Andreas Cellarius. O Atlas foi publicado em neerlandês, latim, francês e, por várias vezes, em alemão.

Após a morte de Janssonius, sua editora foi assumida por seu genro, Johannes van Waesbergen. Em 1694, as placas de impressão de Janssonius foram adquiridas por Peter Schenk (ca. 1660-1711).

Principais trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Sueciæ, Norvegiæ et Daniæ Nova Tabula, Amsterdam, c. 1645.
  • Tabula exactissima Regnorum Sueciæ et Norvegiæ (1636)
  • Episcopatum Stavangriensis, Bergensis et Asloiensis. Amsterdam, 1636–1642.


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Johannes Janssonius


Ícone de esboço Este artigo sobre sobre um(a) geógrafo(a), integrado ao Projeto Geografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.