John Huxham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Huxham
Cirurgia
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 1672
Local Totnes
Morte 10 de agosto de 1768 (96 anos)
Cônjuge Eleonor Coram
Atividade
Campo(s) Cirurgia
Prêmio(s) Medalha Copley (1755)

John Huxham (Totnes, 167210 de agosto de 1768) foi um cirurgião britânico.

Em 1750 publicou "Essay on Fevers", e recebeu a Medalha Copley de 1755 por suas contribuições à medicina.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um açougueiro nascido em Harberton.[2] Frequentou o liceu de Newton Abbot, depois a academia de Exeter, a Universidade de Leiden e finalmente obteve o grau de doutor em medicina (M.D., "Doctor of Medicine") na Universidade de Rheims. (Devido à sua religião, não pode frequentar universidades em Oxford ou Cambridge).[2]

Retornou a Totnes, iniciando em seguida uma prática médica em Plymouth.

Em 1723 James Jurin, um dos secretários da Royal Society, convidou-o para ser voluntário em manter registros diários de suas observações do tempo, incluindo registros da pressão barométrica, temperatura, pluviometria e direção e força do vento. Suas observações eram para ser submetidas anualmente aos secretários da sociedade para catalogação e análise. Em 1724 Huxham iniciou tais registros e, de 1728 a 1748, anotou mensalmente a incidência de doenças epidemiológicas. Estes registros foram publicados por ele em dois volumes.

Huxham foi provavelmente o primeiro na Inglaterra a classificar a gripe. Ele é também associado à diagnose do escorbuto e por uma cura recomendada de beber sidra.

Referências

  1. The fame and notoriety of Dr. John Huxham, por W Schupbach
  2. a b McConaghey, R.M.S. (1969). John Huxham. Wellcome Trust. Página visitada em 29 de março de 2011.


Precedido por
William Lewis
Medalha Copley
1755
Sucedido por
Charles Cavendish