Jorge Leitão de Ramos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jorge Henrique Leitão Ramos (Odivelas, 1952) é um crítico português e historiador de cinema.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciado em Engenharia Electrotécnica pelo Instituto Superior Técnico em 1975, Jorge Leitão Ramos é professor na Escola Secundária Marquês de Pombal, em Lisboa[1].

Iniciou a sua actividade profissional como crítico de cinema em 1975, no semanário Expresso, tendo-a exercido, com continuidade, na imprensa (Jornal Novo – 1975/1976; Diário de Lisboa – 1976/1988), para além de colaborações na RTP e RDP.

Em 1980 estende o seu campo de análise à crítica de televisão (Expresso – 1980/1983, 1987/1989; Se7e – 1983/1986; TSF – 1993).

Presentemente – e desde 1988 – é colaborador permanente, na área da crítica de cinema, do Expresso.

Especialista em cinema português, tem feito comunicações a colóquios e congressos e publicado em Portugal e no estrangeiro.

É presidente do Conselho Fiscal da Sociedade Portuguesa de Autores[2].

Obras publicadas em livro[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Professores de Electrotecnia da Escola Secundária Marquês de Pombal.
  2. Órgãos sociais da Sociedade Portuguesa de Autores.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]