José Belisário da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Belisário da Silva, OFM
Arcebispo da Igreja Católica
Arcebispo de São Luís do Maranhão

Título

Arcebispo Metropolitano de São Luís do Maranhão, Vice-Presidente do CELAM e Presidente do Regional NE V
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem dos Frades Menores
Diocese Arquidiocese de São Luís do Maranhão
Nomeação 21 de setembro de 2005
Entrada solene 19 de novembro de 2005
Predecessor Dom Paulo Eduardo Andrade Ponte
Mandato 2005 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 13 de dezembro de 1969
Nomeação episcopal 1 de dezembro de 1999
Ordenação episcopal 19 de fevereiro de 2000
Carmópolis de Minas
por Dom Frei Célio de Oliveira Goulart, OFM
Lema episcopal INVISIBILEM TAMQUAM VIDENS
Como se visse o Invisível
Nomeado arcebispo 21 de setembro de 2005
Brasão arquiepiscopal
Template-Metropolitan Archbishop.svg
Dados pessoais
Nascimento Carmópolis de Minas,  Minas Gerais
4 de agosto de 1945 (72 anos)
Nacionalidade brasileiro
Funções exercidas bispo da Diocese de Bacabal (1999-2005)
dados em catholic-hierarchy.org
Arcebispos
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom José Belizário da Silva, OFM (Carmópolis de Minas, 4 de agosto de 1945) é um bispo católico brasileiro, arcebispo de São Luís do Maranhão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Geraldo Franklin da Silva e Ester Francisca da Silva é o quinto filho da família de um total de seis irmãos, seus irmãos são Vicente Belisário de Assis, Esthefania Assis, Hélio Belisário de Assis, Geraldo Belisário de Assis e Maria José de Assis. Nasceu no Distrito chamado Japão de Oliveira que três anos mais tarde passaria se chamar Carmópolis de Minas, após a emancipação do município que pertencia à cidade de Oliveira. Foi registrado como José Belisário de Assis, mas por não ter o sobrenome de seu pai teve que mudar para José Belisário da Silva após ingressar na Ordem Franciscana. Sua infância foi na Fazenda Santa Áurea, pertencente a sua família, localizada no Povoado da Paciência, onde viveu até decidir seguir sua vocação e entrar no seminário. No dia 2 de fevereiro de 1964 fez os primeiros votos na Ordem Franciscana, e cinco anos depois, em 1969 emitiu os votos solenes.

No Convento São Boaventura em Daltro Filho cursou Filosofia e graduou-se na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Divinópolis. Concluiu Teologia no Instituto Central de Filosofia e Teologia da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Sacerdócio[editar | editar código-fonte]

Foi ordenado sacerdote no dia 13 de dezembro de 1969, em Carmópolis. Como presbítero exerceu as seguintes atividades: Foi vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio e Professor na Escola Normal Nossa Senhora de Fátima, em Abaeté, no ano de 1970; Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora de Fátima; de 1971 a 1974 foi professor de Psicologia Educacional na Fundação Universitária do Nordeste Mineiro e Mestre de Frades de Profissão Temporária, em Teófilo Otoni; foi reitor e professor de disciplinas em nível de Ensino Médio no Seminário Seráfico Santo Antônio, na cidade de Santos Dumont, entre os anos de 1974 a 1980.

Na Província Franciscana de Santa Cruz foi Secretário, de 1980 a 1983 e Ecônomo, de 1980 a 1985; foi Mestre de Frades de Profissão Temporária em Betim, no ano de 1983; foi administrador e professor no Postulantado Franciscano da Cruz de São Damião na cidade de São João del Rei, de 1985 a 1992; foi reitor e professor de disciplinas de Ensino Médio no Seminário Seráfico Santo Antônio em Santos Dumont, de 1992 a 1997; foi novamente administrador e professor no Postulantado Franciscano da Cruz de São Damião em São João del Rei, desta vez de 1997 a 1999; foi redator da Revista Santa Cruz da Província Franciscana de Santa Cruz, entre ao anos de 1975 a 1980, de 1983 a 1985, e de 1992 a 1995; foi também definidor provincial, por três oportunidades: de 1977 a 1980, de 1983 a 1986 e de 1989 a 1994.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

Foi nomeado pelo Papa João Paulo II bispo da Diocese de Bacabal, no dia 1 de dezembro de 1999.[1] Foi ordenado bispo em Carmópolis, aos 19 de fevereiro de 2000. Tomou posse como Bispo de Bacabal, em 19 de março do mesmo ano.

No dia 21 de setembro de 2005 foi elevado arcebispo pelo Papa Bento XVI, para a sede metropolitana de São Luís no Maranhão.[2] Tomou posse como Arcebispo de São Luís, no dia 19 de novembro do mesmo ano.

Desde 2007 é membro efetivo da Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos da CNBB e secretário do regional Nordeste-5 da CNBB, também foi suplente do Conselho permanente da CNBB até 2011.

No dia 10 de maio de 2011 foi eleito Vice-presidente da CNBB.[3]

Lema e brasão[editar | editar código-fonte]

LEMA: Invisibilem tamquam videns. (como se visse o invisível. - Hb 11, 27)

BRASÃO: a) Cruz sobre o brasão: A Cruz é colocada como suporte do estandarte, representa a força para a ação evangelizadora; b) Estrela de Davi: a estrela lembra os 2005 anos (ano da ordenação) do nascimento de Jesus Cristo e estrela da Evangelização, a Mãe do Salvador; c) Cruz de Frei Henrique de Coimbra: lembra os 505 anos de Evangelização do Brasil; d) Palmeiras: faz alusão ao poema de Gonçalves Dias, que exalta esta terra; e) Silhueta de montes e os braços: a silhueta ao fundo e os braços cruzados de Cristo e de Francisco lembram o Monte Carmelo, Carmópolis de Minas e a origem franciscana de Dom Belisário.

Referências

  1. «Nomina del Vescovo di Bacabal (Brasile)». Press.catholica.va. 1 de dezembro de 1999 
  2. «DELL'ARCIVESCOVO METROPOLITA DI SÃO LUÍS DO MARANHÃO (BRASILE) E NOMINA DEL SUCCESSORE». Rinunce e Nomine. Press.catholica.va. 21 de setembro de 2005 
  3. «Dom Belisário é eleito vice-presidente da CNBB». Cnbb.org.br. 10 de maio de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dom Frei Henrique Johannpoetter, OFM
Bispo de Bacabal
1999 - 2005
Sucedido por
Dom Armando Martín Gutiérrez, FAM
Precedido por
Dom Paulo Eduardo Andrade Ponte
Arcebispo de São Luís do Maranhão
2005 - atualidade
Sucedido por
'
Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.