José Rafael Carrera Turcios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
José Rafael Carrera y Turcios
José Rafael Carrera y Turcios
Presidente da  Guatemala
Período 14 de dezembro de 1844 - 16 de agosto de 1848
Antecessor(a) Mariano Rivera Paz
Sucessor(a) Juan Antonio Martínez
Presidente da  Guatemala
Período 6 de novembro de 1851 14 de abril de 1865
Antecessor(a) Manuel Paredes (interino)
Sucessor(a) Pedro de Aycinena y Piñol
Dados pessoais
Nascimento 24 de outubro de 1814
Cidade da Guatemala, Guatemala
Morte 14 de abril de 1865 (50 anos)
Cidade da Guatemala, Guatemala
Profissão militar

José Rafael Carrera y Turcios (Cidade da Guatemala, 24 de outubro de 1814Cidade da Guatemala, 14 de abril de 1865), foi Presidente da Guatemala em duas ocasiões: entre 14 de dezembro de 1844 e 16 de agosto de 1848, e entre 6 de novembro de 1851 e 14 de abril de 1865.[1][2]

O general conservador Rafael Carrera assumiu o poder na Guatemala em 1838, à frente de um exército popular. Eleito presidente em 1844, promulgou a independência do país em 21 de março de 1847.

Carrera restabeleceu os privilégios da Igreja e opôs-se às tentativas de reconstruir a federação centro-americana. Em 1859, firmou com o Reino Unido um tratado que definiu os limites com as Honduras Britânicas (atual Belize). Governou autoritariamente até sua morte, em 1865.

Referências

  1. Carey, David (2001). Our Elders Teach Us: Maya-Kaqchikel Historical Perspectives (em inglês). Tuscaloosa: University of Alabama Press. p. 279. ISBN 9780817311193 
  2. Publications, Europa (2003). A Political Chronology of the Americas (em inglês). Abingdon-on-Thames: Routledge. p. 117. ISBN 9781135356521 

Precedido por
Mariano Rivera Paz
Presidente da Guatemala
18441848
Sucedido por
Juan Antonio Martínez
Precedido por
Manuel Paredes (interino)
Presidente da Guatemala
18511865
Sucedido por
Pedro de Aycinena y Piñol
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.