Juan José Arévalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juan José Arévalo Bermejo
24Presidente da Guatemala
Período 15 de março de 1945
a 15 de março de 1951
Vice-presidente Mario Monteforte
(1948-1951)
Antecessor(a) Juan Federico Ponce Vaides
Sucessor(a) Jacobo Arbenz Guzmán
Dados pessoais
Nascimento 10 de setembro de 1904
Taxisco, Santa Rosa, Guatemala Guatemala
Morte 7 de outubro de 1990 (86 anos)
Cidade da Guatemala, Guatemala Guatemala
Nacionalidade Guatemala Guatemalteco
Alma mater Universidade Nacional de La Plata
Partido Partido Acción Revolucionaria - PAR
Profissão Professor, educador e filósofo

Juan José Arévalo Bermejo (Taxisco, 10 de setembro de 1904Cidade da Guatemala, 7 de outubro de 1990) foi presidente da Guatemala de 15 de março de 1945 a 15 de março de 1951.

Líder de uma coligação democrático-liberal, Juan José Arévalo, em 1944, foi eleito Presidente da República da Guatemala, tendo assumido em 1945. Em sua administração, promulgou-se uma nova Constituição e institui-se um quadro de reformas políticas e sociais que favoreciam os trabalhadores urbanos e os camponeses, retirando poderes dos grandes latifundiários e dos militares.

Em 1945, a Guatemala renovou as suas reclamações sobre as Honduras Britânicas (atual Belize), um tema pendente desde a formação da república. O conflito agravou-se em 1948 quando unidades da Marinha britânica foram enviadas ao porto da cidade de Belize a fim de impedir uma suposta invasão guatemalteca. A Guatemala fez um protesto dirigido às Nações Unidas e à União Panamericana e fechou a sua fronteira com as Honduras Britânicas. Arévalo concluiu o seu período presidencial, apesar de ter sofrido mais de 20 tentativas de golpe.

Precedido por
Francisco Javier Arana,
Jacobo Arbenz Guzmán
e
Jorge Toriello Garrido
(junta militar)
Presidente da Guatemala
19451951
Sucedido por
Jacobo Arbenz Guzmán
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.