Joshua Benoliel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joshua Benoliel
Joshua Benoliel em 1909-1910
Nome completo Joshua Benoliel
Nascimento 13 de Janeiro de 1873
Lisboa, Reino de Portugal Portugal
Morte 3 de fevereiro de 1932 (59 anos)
Lisboa,  Portugal
Residência Lisboa
Nacionalidade Reino Unido britânica
Progenitores Mãe: Esther Levy
Pai: Judah Benoliel
Casamento dos progenitores 15 de março de 1865
Ocupação jornalista, fotográfico

Joshua Benoliel OSE (Lisboa, 13 de Janeiro de 1873 - Lisboa, 3 de Fevereiro de 1932) foi um fotógrafo e jornalista de Portugal, considerado por muitos o maior fotógrafo português do inicio do século XX.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Judeu, descendente de uma família hebraica que se instalara em Gibraltar. Considerado o criador em Portugal da reportagem fotográfica. Fez a cobertura jornalística dos grandes acontecimentos da sua época, acompanhando os reis D. Carlos e D. Manuel II nas suas viagens ao estrangeiro, assim como a Revolução de 1910, as revoltas monárquicas durante a Primeira República, assim como exército português que combateu na Flandres durante a Primeira Guerra Mundial. As suas fotografias caracterizam-se pelo intimismo e humanismo com que abordava os temas.

Trabalhou para o jornal O Século e para a revista do mesmo jornal, a Ilustração Portugueza(disponível na Hemeroteca Digital) bem como para o Ocidente e Panorama, revistas da altura, e destacou-se como colaborador fotográfico nas revistas Atlântida 1915-1920 e Brasil-Portugal 1899-1914.

A 13 de Dezembro de 1921 foi feito Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.1

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • Arquivo Gráfico da Vida Portuguesa: 1903 - 1918: História da Vida Nacional em Todos os seus Aspectos, de 1903 a 1918. Prefácio de Rocha Martins. Lisboa, Bertrand, 1933. Publicado em 6 fascículos.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • SILVA, Teresa Parra da (pesquisa, selecção e legendagem); NOVAIS, Horácio (reprodução dos negativos). Joshua Benoliel: Repórter Parlamentar. Lisboa, Assembleia da República, 1989.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ABECASSIS, José Maria. Genealogia Hebraica: Portugal e Gibraltar sécs. XVII a XX. 5 vols. Lisboa, Liv. Férin (distrib.), 1990-1991.
  • BORGES, José Pedro de Aboim. Joshua Benoliel: Rei dos Fotógrafos. Lisboa, 1984. Tese de Mestrado em História da Arte apresentada à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Não publicada.
  • PENEDO, Tiago de Brito. Benoliel: «Ao Serviço de Sua Majestade». In PROJECTO10 - Revista Digital Temática, vol. «República».
  • SAMARA, Maria Alice; TAVARES, Rui. «Um falhanço para Benoliel», in O Regicídio, pp. 135–146. Lisboa, Tinta da China, 2008. ISBN 978-972-8955-46-5
  • SERÉN, Maria do Carmo, «Morreu o Fotógrafo», in 1926-1932: Ascensão de Salazar, p. 176-181. Lisboa, Planeta DeAgostini, 2008. 1.º volume da série Os Anos de Salazar.
  • SILVA, Teresa Parra da. Joshua Benoliel: Repórter Parlamentar. Lisboa, Assembleia da República, 1989.
  • TAVARES, Emília (coord.). Joshua Benoliel, 1873-1932: Repórter Fotográfico. Lisboa, Câmara Municipal, 2005. Catálogo de exposição, realizada na Cordoaria Nacional, Lisboa, de 18 de Maio a 21 de Agosto de 2005, no âmbito da LisboaPhoto 2005.
  • VIEIRA, Joaquim. Fotobiografias do Século XX: Joshua Benoliel. Mem Martins, Círculo de Leitores, 2009. ISBN 978-972-42-4482-2

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Joshua Benoliel