Juan Tomás de Rocabertí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Juan Tomás de Rocabertí

Juan Tomás de Rocabertí O. P. (Peralada, 4 de março de 1627 - Madrid, 13 de junho de 1699 [1] ) foi um religioso dominicano católico espanhol, teólogo e canonista que desempenhou diversos cargos eclesiásticos e públicos de importância. Arcebispo de Valência, procurou dar estrito cumprimento aos decretos do Concílio de Trento. Era oriundo de uma família nobre de Perelada, Catalina.

Educado em Gerona entrou para o convento dominicano local, tendo recebido o hábito em 1640. O seu bom desempenho nos estudos teológicos no Convento de Valência assegurou-lhe a regência da cadeira de teologia na Universidade.

Em 1666 foi escolhido para Prior Provincial de Aragão e em 1670 o Capítulo Geral elegeu-o como Mestre Geral. Durante o seu mandato (1670-1676), obteve a canonização de São Luis Bertrand e Rosa de Lima, a solene beatificação de Pio V, e a celebração anual da festa de São Alberto Magno. Em 1676 foi indicado por Carlos II como primeiro arcebispo de Valência e depois governador daquela província. Em 1695 foi nomeado Inquisidor Geral de Espanha.

Rocabertí ficou famoso pela defesa intransigente do papado contra os galicanos e protestantes. O seu primeiro trabalho de fundo foi "De Romani pontificis in temporalibus auctoritate" (3 vols., Valencia, 1691-94). O seu trabalho mais importante foi "Bibliotheca Maxima Pontificia" (21 vols., Roma, 1697-00). Neste trabalho monumental, o autor recolheu e publica, por ordem alfabética e integralmente, todos os trabalhos relevantes relacionados com a primazia da Santa Sé, de um ponto de vista ortodoxo, começando por Abraham Bzovius e terminando com Zacharias Boverius.


Obras[editar | editar código-fonte]

Apologeta do papado, em oposição ao galicanismo e ao protestantismo,[2] deixou escritas obras de temática teológica:

Referências

Vide também[editar | editar código-fonte]

Ligação externa[editar | editar código-fonte]

Este artigo incorpora texto da Catholic Encyclopedia, publicação de 1913 em domínio público.

Ícone de esboço Este artigo sobre Episcopado (bispos, arcebispos, cardeais) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.