Juarez Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juarez Machado
Nascimento 16 de março de 1941 (77 anos)
Bandeira Municipal de Joinville Joinville,
Bandeira de Santa Catarina Santa Catarina,
Bandeira do Brasil Brasil
Nacionalidade  Brasileiro
Área Artes plásticas, escultura, caricatura, literatura, cenografia e artes cênicas
Formação Escola de Música e Belas Artes do Paraná
Página oficial
www.jmachado.com

Juarez Machado (Joinville, 16 de março de 1941) é um artista plástico brasileiro. Além de dedicar-se à pintura, é também escultor, desenhista, caricaturista, mímico, designer, cenógrafo, escritor, fotógrafo e ator.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu numa família de artistas. A profissão de caixeiro viajante de seu pai fez com que Juarez passasse mais tempo ao lado de sua mãe e irmão. [1] O primeiros desenhos e esculturas de barro fizeram parte da sua infancia. Aos 14, começou em uma gráfica no setor de produção de rótulos de remédios, embalagens e cartazes para laboratório. [1]

Em 1959, com 18 anos, mudou-se para Curitiba, matriculando-se na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Recém-formado, em 1964 realizou sua 1ª mostra individual na Galeria Cocaco, de Curitiba, iniciando uma carreira de grande sucesso. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1966/1965, onde residiu por vinte anos. Através de seus desenhos de humor, projeta-se nacionalmente. Além do desenho e da pintura, fez incursões pela mímica, cenografia, programação visual, ilustração e escultura. Foi chargista dos principais jornais brasileiros e mímico no programa Fantástico, da TV Globo. No final dos anos 70 voltou-se totalmente para a pintura. Em 1971 realizou os desenhos de abertura do filme Uma Pantera em Minha Cama.

Pretendendo internacionalizar seu trabalho, em 1978 Juarez viajou a Nova Iorque, Londres e, finalmente, foi para Paris, onde fixou residência em 1986 e montou ateliê, sem prejuízo dos ateliês já instalados em Joinville e Rio de Janeiro.

Juarez Machado recebeu inúmeros prêmios, tanto no Brasil como no exterior. Tem feito exposições frequentes nos Estados Unidos e na Europa.

Premiações[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Suas pinturas de cores quentes serviram de inspiração no cenário e iluminação do filme Le fabuleux destin d'Amélie Poulain (2001), do diretor Jean-Pierre Jeunet.[4]

O trabalho de Juarez Machado serviu de inspiração para o cenário e iluminação do filme francês O fabuloso destino de Amélie Poulain (2001).

Referências

  1. a b «Biografia de Juarez Machado - eBiografia». eBiografia 
  2. a b c d Emencia. «Jmachado - Biographie». www.jmachado.com (em inglês). Consultado em 25 de março de 2018 
  3. «Medalha de Mérito "Anita Garibaldi"». Secretaria Executiva da Casa Militar. 20 de junho de 2016 
  4. Declaração verbal em extras do DVD "Le fabuleux destin d'Amélie Poulain".

Biografias[editar | editar código-fonte]

Obras[editar | editar código-fonte]