Kim Dotcom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kim DotcoM
Kim Schmitz em 1996
Nome completo Kim Schmitz
Outros nomes Kimble, Kim Tim Jim Vestor, Mr Dotcom
Nascimento 21 de Janeiro de 1974 (41 anos)
Kiel,  Alemanha
Residência Nova Zelândia
Nacionalidade Alemanha alemão
Ocupação CEO (2005-11)
Cantor

Kim Dotcom, nascido Kim Schmitz[1] (Kiel, 21 de janeiro de 1974) também conhecido como Kimble[2] e Kim Tim Jim Vestor,[3] é um empresário alemão, conhecido por ser o fundador do site Megaupload e seus associados.[4] [5] [6]

Antes de se tornar um empreendedor, Schmitz ganhou notoriedade como criminoso de computador e que foi condenado por fraude de cartão de crédito[4] , hacker[4] [5] , insider trading[4] [5] e apropriação indébita[5] .

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1998, Schmitz foi sentenciado a 3 anos de prisão por fraude e roubo.[7]

Violação de Direitos Autorais e lavagem de dinheiro.[editar | editar código-fonte]

No dia 19 de janeiro de 2012, Kim Dotcom e vários de seus executivos do Megaupload foram acusados formalmente de violar leis antipirataria nos Estados Unidos. Kim,teve sua mansão invadida,seus servidores confiscados e foi preso acusado de violação de leis sobre direitos autorais. Foi solto, em 22 de fevereiro de 2012, sob algumas restrições como, por exemplo, não acessar a internet, mas posteriormente isto foi anulado pela justiça da Nova Zelândia e Kim teve direito ao acesso a rede, ao encontro com seus pares e a usar a piscina de sua mansão [8]

No dia 04 de julho do mesmo ano, Kim Dotcom anuncia em seu twitter que o Megaupload estaria de volta:

Cquote1.svg O SOPA está morto. O PIPA está morto. O ACTA está morto. O MEGA(upload) vai retornar. Maior. Melhor. Mais rápido. De graça e protegido de ataques. Cquote2.svg
Kim Dotcom

MEGA[editar | editar código-fonte]

Exatamente após 1 ano do fechamento do Megaupload, o seu criador Kim Dotcom, lança o site de compartilhamento sucessor do Megaupload, o MEGA, disponibiliza desde o seu primeiro dia no ar, 50 GB de armazenamento gratuito para qualquer usuário,no mesmo dia em que foi lançado, o MEGA já obteve mais de 100 mil cadastros.um dos diferenciais do Mega é a criptografia do material hospedado. O que por um lado garante a segurança das informações, por outro permite que a pirataria ou até mesmo o cybercrime e a pornografia infantil ganhem um ambiente bastante propício para se desenvolverem.

Helicóptero[editar | editar código-fonte]

Em 28/01/2013, Kim escapou ileso de um pouso forçado de um helicoptero em que viajava, na Nova Zelandia.

O "Herói"[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a rede PSN (PlayStation Network) e a Xbox Live passaram por um ano muito conturbado, isso porque ambas as redes foram vítimas de ataques DDOS, assim como a Blizzard[9] . O grupo de hackers "LizardSquad", que assumiu os ataques as redes de videogames, também anunciou, um dia após um dos ataques, que uma bomba estaria em um avião onde o presidente da Sony estava viajando. O avião da America Airlines foi obrigado a se desviar da rota original e pousar, mas nenhuma bomba foi encontrada.[10]

No início de Dezembro de 2014, aconteceu de novo: Pela terceira vez no ano a rede Playstation Network teve mais uma vez uma grande pane. O grupo LizardSquad atacou pela segunda vez a PSN com DDoS.[11] Além dos ataques à rede online de videogames da Sony, o grupo de hackers também ameaçou a voltar a atacar a Playstation Network no natal e derrubar a Xbox Live pra sempre[12] . Dito e feito: No dia 25 de dezembro de 2014, os serviços da PSN e da Xbox Live ficaram fora do ar[13] . Apesar da Sony (responsável pela PSN) e da Microsoft (responsável pela Xbox Live) publicarem notas dizendo que os problemas foram identificados e estariam sendo resolvidos, os ataques continuaram e os servidores continuaram instáveis.

Kim Dotcom foi o "Herói" e salvou ambas redes: Por meio de mensagens diretas, Dotcom convenceu os integrantes da Lizard a pararem com os ataques para sempre dando em troca 3 mil contas premium no MEGA com espaço de 500GB.[14] Pouco depois da conversa ter ocorrido, os servidores da Sony e Microsoft começaram a se normalizar.[15] [16]

Referências

  1. Dearnaley, Mathew (31 de dezembro de 2010). Dark horse to light up New Year The New Zealand Herald. Visitado em 12 de junho de 2011.
  2. Kimble bleibt stumm (em alemão) 23 de janeiro de 2001
  3. Dearnaley, Mathew (31 de dezembro de 2010). Dark horse to light up New Year The New Zealand Herald. Visitado em 12 de junho de 2011.
  4. a b c d Greg, Sandoval (4 de agosto de 2011). The mystery man behind Megaupload piracy fight CNET News. Visitado em 19 de janeiro de 2012.
  5. a b c d Ian, Wishart (abril de 2010). Merry Chrischmitz or Merry Hell? Investigate. Visitado em 31 de dezembro de 2011.
  6. Megaupload threatens to sue Universal over YouTube video Guardian
  7. Zugriff in Bangkok (em alemão), Manager Magazin, January 18, 2002
  8. Criador do Megaupload pode voltar a usar Internet Info (2 de abril de 2012). Visitado em 03/04/2012.
  9. Thiago Barros (25/08/2014). PSN volta ao ar depois de sofrer ataque hacker; Xbox Live também foi atingida TechTudo. Visitado em 26/12/2014.
  10. Wikerson Landim (24 de Agosto de 2014). Hackers derrubam PSN e fazem ameaça de bomba a avião com presidente da Sony TecMundo. Visitado em 26 de Dezembro de 2014.
  11. Playstation Network teria sido atacada por hackers novamente CanalTech (08/12/2014). Visitado em 26/12/2014.
  12. Eduardo Harada (08/12/2014). Presentinho de Natal: Lizard Squad quer derrubar Xbox Live para sempre Baixaki Jogos. Visitado em 26/12/2014.
  13. Wilkerson Landim (25/12/2014). Infeliz Natal: hackers derrubam PlayStation Network e Xbox Live TecMundo. Visitado em 26/12/2014.
  14. Kim Dotcom (26/12/2014). Twitter: Kim Dotcom Kim Dotcom. Visitado em 26/12/2014.
  15. Wilkerson Landim (26/12/2014). Kim Dotcom negocia com hackers trégua em ataques a PSN e Live TecMundo. Visitado em 26/12/2014.
  16. Kim Dotcom convence hackers a interromper ataque a PSN e Xbox Live Olhar Digital (26/12/2014). Visitado em 26/12/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um empresário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.