Leave Home

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leave Home
Álbum de estúdio de Ramones
Lançamento 10 de janeiro de 1977
Gravação Setembro de 1976, no Sundragon Studios, Nova York
Gênero(s) Punk rock
Duração 30:49
Gravadora(s) Sire Records
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Ramones
Ramones
(1976)
Rocket to Russia
(1977)

Leave Home é o segundo álbum de estúdio dos Ramones, lançado em 10 de Janeiro de 1977 ele é característico pelas canções clássicas dos Ramones, como "Pinhead" e "Gimme Gimme Shock Treatment".

Este é o único álbum dos Ramones que teve que sofrer modificações no lançamento original, devido à controvérsia pela canção "Carbona Not Glue".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Glad to See You Go" - 2:10 (Dee Dee Ramone, Joey Ramone)
  2. "Gimme Gimme Shock Treatment" - 1:38 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)
  3. "I Remember You" - 2:15 (Joey Ramone)
  4. "Oh, Oh, I Love Her So" - 2:03 (Joey Ramone)
  5. "Carbona Not Glue" - 1:56 (Dee Dee Ramone)
  6. "Suzy Is a Headbanger" - 2:08 (Dee Dee Ramone, Joey Ramone)
  7. "Pinhead" - 2:42 (Dee Dee Ramone)
  8. "Now I Wanna Be a Good Boy" - 2:10 (Dee Dee Ramone)
  9. "Swallow My Pride" - 2:03 (Joey Ramone)
  10. "What's Your Game" - 2:33 (Joey Ramone)
  11. "California Sun" - 1:58 (Henry Glover, Morris Levy)
  12. "Commando" - 1:51 (Dee Dee Ramone)
  13. "You're Gonna Kill That Girl" - 2:36 (Joey Ramone)
  14. "You Should Never Have Opened That Door" - 1:54 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)
Faixas bônus (pela Rhino)

Com exceção de "Babysitter" (faixa 15), todas as músicas foram gravadas ao vivo no Roxy, Hollywood, em 12 de agosto de 1976.

  1. "Babysitter" - 2:44 (Joey Ramone)
  2. "Loudmouth" - 2:08 (Ramones)
  3. "Beat on the Brat" - 2:36 (Joey Ramone)
  4. "Blitzkrieg Bop" - 2:13 (Tommy Ramone, Dee Dee Ramone)
  5. "I Remember You" - 2:17 (Joey Ramone)
  6. "Glad to See You Go" - 2:03 (lyrics by Dee Dee Ramone, music by Joey Ramone)
  7. "Chain Saw" 1:51 (Joey Ramone)
  8. "53rd & 3rd" - 2:27 (Dee Dee Ramone)
  9. "I Wanna Be Your Boyfriend" - 2:22 (Tommy Ramone)
  10. "Havana Affair" 1:53 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)
  11. "Listen to My Heart" - 1:47 (Dee Dee Ramone)
  12. "California Sun" - 1:58 (Henry Glover / Morris Levy)
  13. "Judy Is a Punk" - 1:23 (Joey Ramone)
  14. "I Don't Wanna Walk Around With You" - 1:31 (Dee Dee Ramone)
  15. "Today Your Love, Tomorrow the World" - 2:52 (Dee Dee Ramone)
  16. "Now I Wanna Sniff Some Glue" - 1:28 (Dee Dee Ramone)
  17. "Let's Dance" - 1:06 (Jim Lee)

Citação[editar | editar código-fonte]

Dee Dee Ramone: "Rock´n´roll no piloto automático meio que dessensibilizou a minha revolta. A gente excursionou o tempo todo, sem uma só pausa, durante quinze anos. Eu não aguentava mais pegar a caminhonete - me sentar atrás, olhando pela janela. Ninguém jamais falava comigo. Johnny e Joey num ônibus não falaram por anos. Houve uma época em que a gente tinha um ônibus com quatro compartimentos separados. Johnny sentava em um com a namorada. Marky sentava noutro com a dele. Joey sentava noutro com Linda, e eu sentava noutro. E, se por acaso víamos um ao outro, aí ficava ruim pra valer. Não podíamos nem sair do ônibus juntos. Não podíamos nem pegar as chaves do hotel juntos. Não podíamos nos ver. Um monte de coisa nos Ramones estava me irritando. A coisa que estava me levando à loucura era tocar a maldita "Pinhead" toda noite. Meus dentes ficaram lascados porque eu tinha que cantar o refrão de "Pinhead". A gente tinha um roadie que pesava cento e quarenta quilos - o nome dele era Bubbles, e ele vestia a máscara e a roupa de "Pinhead". Mas ele era tão gordo que, quando pulava no palco, o palco inteiro tremia e o microfone em que eu estava cantando batia na minha boca. Eu odiava aquela maldita canção. Fico muito satisfeito por não ter mais que tocá-la toda noite. A única coisa boa a respeito daquilo é que eu pensava: "Deixa eu tocar essa maldita canção, que aí posso dar o fora daqui". Havia outra canção, "Glad to see you go". Quando chegava a vez dela, eu dizia: "Oh, rapaz, três quartos já se foram. Em breve poderei dar o fora desse palco e ir pro meu hotel". Eu também estava ficando farto do visual de garotinho, o corte de cabelo tigela e a jaqueta de motoqueiro. Eu não queria ser um garotinho. Eu não crescia. Quatro sujeitos de meia-idade bancando os delinquentes juvenis. Eu estava ficando cheio de tocar num show de revival. Me sentia como um impostor parado lá metido numa jaqueta de couro e com jeans rasgados - como eu costumava me vestir quando pensava que era um merda imprestável".

Ramones[editar | editar código-fonte]

Pessoal adicional[editar | editar código-fonte]

  • Tony Bongiovi – produtor
  • Ed Stasium – engenheiro
  • Greg Calbi – masterização
  • Moshe Brakha – fotografia
  • Arturo Vega – arte
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Ramones é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.