Lera Boroditsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lera Boroditsky
Xandra Ibarra (esquerra), Adrian Van Allen (centre) i Lera Boroditsky (dreta)
Nascimento 8 de maio de 1976
Minsk
Cidadania Bielorrússia
Alma mater
Ocupação psicóloga, cientista cognitivo, professora
Empregador Universidade da Califórnia em San Diego
Página oficial
http://lera.ucsd.edu/

Lera Boroditsky é uma cientista cognitiva conhecida por seus trabalhos sobre a relação entre linguagem e cognição, especialmente na questão do relativismo linguístico.[1][2] É professora da Universidade da Califórnia em San Diego.[1]

Bibliografia selecionada[editar | editar código-fonte]

  • "Metaphoric structuring: Understanding time through spatial metaphors" (Cognition 75 (1), 2000)
  • "Does language shape thought?: Mandarin and English speakers' conceptions of time" (Cognitive psychology 43 (1), 2001)
  • "Individuation, relativity, and early word learning" (com Dedre Gentner; Language acquisition and conceptual development 3, 2001)
  • "The roles of body and mind in abstract thought" (com Michael Ramscar; Psychological science 13 (2), 2002)
  • "Time in the mind: Using space to think about time" (com Daniel Casasanto; Cognition 106 (2), 2008)

Referências

  1. a b «Lera Boroditsky». Universidade da Califórnia em San Diego. Consultado em 29 de novembro de 2019 
  2. Wolff, Phillip; Holmes, Kevin J. (2011). «Linguistic relativity». Wiley Interdisciplinary Reviews: Cognitive Science (em inglês). 2 (3): 253–265. doi:10.1002/wcs.104 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]