Linha de Controle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a linha de cessar-fogo entre a Índia e a China, veja Linha de Controlo Real.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mapa de Caxemira. A verde: região da Caxemira sob controle paquistanês; em laranja: a região de administração indiana; o Aksai Chin está sob administração chinesa

O termo Linha de Controle (LoC) refere-se à linha de controle militar entre Índia e Paquistão, na região da Caxemira. Recebeu essa designação após o Acordo de Simla, formalizado em dezembro de 1971. A porção indiana do território representa o estado de Jammu e Caxemira; a paquistanesa, as Áreas do Norte e a Caxemira Livre.

Houve propostas na imprensa indiana para regularizar a LoC como a fronteira internacional entre os dois países; isto, contudo, é contra a política governamental da Índia. O Paquistão também deseja soberania sobre toda a área. A LoC foi palco várias guerras indo-paquistanesas, a última[quando?] das quais em 1999, na Guerra de Kargil. Houve frequentes duelos de artilharia ao longo da linha.

É uma zona extremamente montanhosa, com montanhas acima de 7 000 metros de altitude nas montanhas Saltoro, como o Saltoro Kangri ou o K12.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.