Lug de Paula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Lug de Paula
Nascimento 1957 (59 anos)
Rio de Janeiro
Ocupação Ator e Comediante

Lug Wanderley de Oliveira Paula (Rio de Janeiro, 1957) é um ator e comediante brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É filho de Chico Anysio e da atriz Nancy Wanderley. O mais velho dos sete filhos de Anysio, é irmão, por parte de pai, dos atores/comediantes Bruno Mazzeo e Nizo Neto. É primo da atriz/diretora Cininha de Paula, do ator Marcos Palmeira e da atriz Maria Maya. Foi casado por nove anos com a atriz e humorista Heloísa Périssé, com quem tem uma filha chamada Luísa.[1] Depois do encerramento da Escolinha do Professor Raimundo como quadro do Zorra Total, em 2001, Lug de Paula abandonou a carreira artística. Atualmente, Lug de Paula tem negócios e residência em Palmas (TO)[2] Tem outros dois filhos, e todos os três residem no Rio.[3]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Seu Boneco[editar | editar código-fonte]

Na Escolinha do Professor Raimundo, da TV Globo, Lug de Paula fazia o personagem "Seu Boneco", um malandro caxiense mais preocupado com a merenda do que com qualquer outra coisa. O personagem fazia constantes referências a seu local de moradia, o município de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro, sendo, portanto, caxiense. O personagem lançou bordões que caíram no gosto popular como "Eu vou pra galera!".[4] O personagem se destacou tanto que Lug de Paula o levou para a TV Manchete, onde comandou o programa Clube do Seu Boneco. Ainda houve outro programa comandado pelo personagem, chamado de Seu Boneco nas Paradas.

A participação na Escolinha não foi a primeira aparição do Seu Boneco. Nos anos 80, ele fazia parte do quadro do personagem "Corrimão", interpretado por Chico Anysio, no Chico Anysio Show. Boneco era um presidiário que fazia parte da quadrilha de Corrimão, um bandido que todas às vezes tentava fugir da cadeia com planos que nunca funcionavam.

Seu Boneco chegou a lançar dois discos.

Calunga[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro personagem foi Calunga, um corcunda com aparência de zumbi, servo fiel do Vampiro "Bento Carneiro", interpretado por Chico Anysio. O intérprete original seria Castrinho, que se atrasou para a gravação, então Anysio sugeriu que o filho assumisse o papel.[5] Sempre que seu chefe perguntava sobre o horário atual, Calunga respondia: "É meia-noite em ponto, patrão!". Calunga esteve no ar, ao lado de Bento Carneiro, no quadro Condomínio dos Vampiros, no extinto Zorra Total (atualmente Zorra).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.