Regina Chaves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Regina, a primeira da esquerda da direita, com suas colegas do grupo Frenéticas
Regina Chaves
Informação geral
Também conhecido(a) como Tia Rege
Nascimento 1948 (71 anos)
País  Brasil
Gênero(s) Disco; Pop/Rock; Marchinha; MPB
Período em atividade 1972-1992
Outras ocupações Atriz, produtora
Afiliação(ões) As Frenéticas, Sandra Pêra, Dhu Moraes, Leiloca Neves, Lidoka, Edyr de Castro

Regina Chaves (Rio de Janeiro, 1948) é uma cantora brasileira, ex-integrante do grupo As Frenéticas.

Nascida numa família de 9 irmãos, Regina se formou em Jornalismo na Universidade de Brasília. Antes do Dancin’Days, ela integrou as Dzi Croquettas e atuou em musicais como “Jesus Cristo Superestar”.

Em 1976, Regina foi convidada por sua amiga Sandra Pêra para trabalhar na discoteca Dancing Days, de propriedade de Nelson Motta. Após o fim da discoteca, o sexteto As Frenéticas seguiu sucessiva carreira solo, gravando 5 discos e embalaram o país com sucessos como Dancin' Days, A Felicidade Bate a Sua Porta, Perigosa e Feijão Maravilha, entre outros. Regina saiu junto com Sandra do grupo em 1982, um ano antes dele se dissolver.

Após a breve reunião das Frenéticas em 1992, para a gravação de algumas canções inéditas que integraram uma compilação e o show “Perigosas Peruas”, dirigido por Marília Pêra no Teatro Rival, Regina se aposentou da carreira de cantora, passando a atuar sobretudo como produtora.

Em janeiro de 2018, numa rara exceção, subiu ao palco do Teatro Maison de France para cantar ao lado de suas colegas de grupo Dhu Moraes e Sandra Pêra, o maior sucesso do grupo, “Dancin’ Days”, durante o show “Duas Feras Perigosas”.

Na televisão atuou como a secretária Sinézia em Chico Anysio Show, e na Escolinha do Professor Raimundo.

Foi casada com Chico Anysio e tem um filho, Cícero.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.