Luiz Bevilacqua

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Luiz Bevilacqua (Rio de Janeiro, 1937) é um cientista brasileiro mais conhecido pelo seu trabalho como Presidente da Agência Espacial Brasileira (2003-2004) e como Secretário-Geral do Ministério da Ciência e Tecnologia (1992-1993). Atualmente atua como Professor Emérito da UFRJ.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bevilacqua já atuou como[1] :

Bevilacqua também foi o criador do programa de pós-graduação do Laboratório Nacional de Computação Científica e criador da área de avaliação multidisciplinar (de cursos de pós-graduação) da CAPES, hoje a área que mais cresce em número de programas cadastrados anualmente. Ele é membro titular da Academia Brasileira de Ciências.

Formação[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Condecorações[2] :

  • Comendador da Ordem do Rio Branco - Ministério das Relações Exteriores - 1994
  • Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidente da República do Brasil - jun/1995
  • Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidente da República do Brasil - jul/2000
  • Prêmio "Almirante Álvaro Alberto" (Ciências da Engenharia) - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - 1995
  • Prêmio "Prêmio Anísio Teixeira" - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - 2011

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Hermano Tavares
Reitor da UFABC
2007 — 2008
Sucedido por
Adalberto Fazzio
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.