Machado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O apelido “Machado” teve origem em Martim Pires, que o adoptou por seu pai e avô terem rebentando a porta da muralha a machado, quando da reconquista de Santarém (1147). Provêm da geração de Riba-Douro, do Conde Monio “Gasco”, a linhagem “postrimeira das cinco que andaram a filhar o Reino de Portugal” (Livro Velho, 1270).

Monio “Gasco” da Biscaia veio na armada dos Gascões para recuperar o Porto (982), na companhia do irmão Sisnando e do Bispo Onego de Vandôme. Morreu na conquista de Riba-Douro (1022) com os filhos Gomes e Egas Moniz.

Egas Moniz “Velho”, falecido em 1022, casou com Toda Ermiges da Maia, filha de Ermígio Alboazar e Vivili Trutesendes. Foram pais de Mónio.

Mónio Viegas, documentado entre 1045 e 1081, foi grande proprietário e casou com Unisco Trastamires da Maia, filha de Trastemiro Alboazar e de Dordia Soares. Foram pais de Egas.

Do matrimónio de Egas Moniz com Doroteia Odoriz, filha de Odorio Espinhel, Sr. de Roças, nasceu Mónio (Felgueiras Gaio, 1678).

Mónio Viegas, referenciado entre 1092 e 1128, foi governador de Arouca e o pai de Mem.

Mem Moniz de Ganderei casou com Cristina Gonçalves. Chefiou a ala esquerda na batalha de Ourique (1139) e foi o que, com os filhos, rompeu à machadada as portas de Santarém. Daí o apelido de Machado adoptado pelos descendentes.

Pedro Mendes de Ganderei, que sucedeu ao pai no senhorio da Quinta de Ganderei, casou com Elvira Martins de Nomães e com outra Elvira Martins, filha de Martim Fernandes de Riba-Vizela, de quem teve Martim.

Martim Pires Machado, o primeiro do apelido, era vivo em 1249. Casou com Maria Pires Moniz, filha de Pedro Moniz e neta de D. Sancho I e Maria Moniz, a qual era irmã do Martim Moniz (D. Pedro Conde de Barcelos, 1344) entalado nas portas de Lisboa (1147) quando da reconquista.

Encontra-se nas Actas de Vereação de Loulé (1493) o escudeiro Pedro Martins Machado.

Muitos louletanos descendem de Leonor Machada, amante de Lopo Fernandes da Ponte, Padre de Loulé (1570-1590), preso pela Inquisição entre 1583 e 1585.

Machado famílias da realeza como da nobreza. Pessoas com culturas, humildade, com títulos que fizeram história. Machado nome de pessoas com amor no coração.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Categoria no Commons

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Machado
Ícone de esboço Este artigo sobre ferramentas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.