Mampituba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Mampituba
Vista aérea da cidade de Mampituba/RS. Foto: Leandro Réos

Vista aérea da cidade de Mampituba/RS. Foto: Leandro Réos
Bandeira indisponível
Brasão de Mampituba
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Fundação 28 de dezembro de 1995 (21 anos)
Gentílico mampitubense
Lema Cidade dos Vales e das Cascatas
Padroeiro(a) São José Operário
CEP 95572-000
Prefeito(a) Dirceu Gonçalves Selau (PT/PMDB/PTB)
Localização
Localização de Mampituba
Localização de Mampituba no Rio Grande do Sul
Mampituba está localizado em: Brasil
Mampituba
Localização de Mampituba no Brasil
29° 12' 39" S 49° 56' 06" O29° 12' 39" S 49° 56' 06" O
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [1]
Microrregião Osório IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Torres, Morrinhos do Sul, Três Forquilhas e Praia Grande e São João do Sul em (Santa Catarina)
Distância até a capital 228 km
Características geográficas
Área 157,875 km² [2]
População 3 081 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 19,52 hab./km²
Altitude 26 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,716 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 24 811,153 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 306,38 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.mampituba.rs.gov.br

Mampituba é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Disambig grey.svg Nota: Para o rio de mesmo nome, veja Rio Mampituba.

História[editar | editar código-fonte]

O Município de Mampituba possui uma área de 158 km² e localiza-se no litoral norte gaúcho, fazendo divisa ao norte e ao oeste pelo Rio Mampituba com Santa Catarina (municípios de São João do Sul e Praia Grande). A leste com Torres e ao sul com Morrinhos do Sul e Três Forquilhas. A população segundo o Censo de 2010 é de 3.003 habitantes e a agricultura é a principal atividade econômica, baseada principalmente no cultivo da banana, arroz, fumo, criação de gado e hortifrutigranjeiros.

As primeiras povoações ocorreram por volta de 1880, a maioria oriundas de descendentes de açorianos e de alemães. Nas primeiras décadas do século XX, várias famílias oriundas das região de Criciúma/SC habitaram a região, quando o desenvolvimento econômico ocorreu na região com mais intensidade. Nesse período foram instalados os primeiros comércios e várias serrarias, da mesma forma que surgiram as primeiras estradas pelo interior do município, principalmente nas regiões montanhosas. Até a década de 60,  o cultivo de cana-de-açúcar para a produção de açúcar mascavo e de cachaça era a atividade econômica mais desenvolvida na região.

A emancipação política aconteceu em 28 de dezembro de 1995, através da Lei 10.671, sancionada pelo governador Antônio Britto. A região que antes pertencia a Torres compreendia o 7º Distrito, que havia sido instalado pela divisão territorial do município de Torres que aconteceu em 01 de julho de 1960.

Em 2009 Mampituba recebeu o asfaltamento da ERS-494, obra que abrirá novos caminhos para o desenvolvimento econômico do novo município, que juntamente com os primeiros passos dados na implantação do Turismo Rural, tem tornado o nome de Mampituba nacionalmente conhecido como a "Cidade dos Vales e das Cascatas".

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 29°12'41" sul e a uma longitude 49°56'05" oeste, estando a uma altitude de 26 metros.

Possui uma área de 156,85 km² e sua população estimada em 2004 era de 3 154 habitantes.

Política[editar | editar código-fonte]

Administrações Municipais[editar | editar código-fonte]

1997/2000

Prefeito: ÉLIO DE FARIAS MATOS

Vice: VALDIR JOAQUIM DO NASCIMENTO

Vereadores eleitos: Airton Cristovao Hoffmann, Altemar Pereira Ramos, Arnaldo Luiz Da Silva, Bento Antonio Pereira, Dirceu Goncalves Selau, Edgar Da Silva Cristovam, Joventino Selau Padilha, Juares Cardoso Hoffmann e Ronilto Roldao Selau,

2001/2004

Prefeito: ÉLIO DE FARIAS MATOS

Vice: VALDIR JOAQUIM DO NASCIMENTO

Vereadores eleitos: Altemar Pereira Ramos,Dirceu Gonçalves Selau, Edgar da Silva Cristóvam, Erivan Cardoso Brocca, Ernani da Silva, Reni dos Santos, Ronilto Roldão Selau, Valdonir José de Oliveira e Vílson Colombo.

2005/2008

Prefeito: VALDIR JOAQUIM DO NASCIMENTO

Vice: AIRTON CRISTÓVÃO HOFFMANN

Vereadores eleitos: Ana Maria Borges Martins Moro, Carlos Maurel Klein Alves, Elcio de Almeida, Erivam Cardoso Brocca, João Pacheco Lopes, Pedro Juarez da Silva, Ronilto Roldão Selau, Sérgio Barbosa Martins e Valmor Pereira Ramos,

2009/2012

Prefeito: PEDRO JUAREZ DA SILVA

Vice: ANA MARIA BORGES MARTINS

Vereadores eleitos: Fábio Souza da Rocha, Gilberto Lopes Roldão, José Dirceu Rodrigues da Silva, José Paulo Santos Scheffer, Noerci Roldão da Silva, Paulo Boff Ribeiro, Ricardo dos Santos, Ronilto Roldão Selau e Sérgio Barbosa Martins,

2013/2016

Prefeito: PEDRO JUAREZ DA SILVA

Vice: DIRCEU GONÇALVES SELAU

Vereadores eleitos: Arnaldo Luis da Silva, Cloreci Ramos Matos, Fábio Schardosim Brocca, Gilberto Lopes Roldão, João Pacheco Lopes, Noerci Roldão da Silva, Paulo Boff Ribeiro, Ricardo dos Santos e Ronilto Roldão Selau.

2017/2020

Prefeito: DIRCEU GONÇALVES SELAU

Vice: GILBERTO LOPES ROLDÃO

Vereadores eleitos: Aleide Maria Scarpari Pereira, Fábio Schardosim Brocca, Jailson dos Santos, Noerci Roldão da Silva, Paulo Boff Ribeiro, Ricardo de Oliveira Lumertz, Rudinei Alves de Oliveira, Sérgio Barbosa Martins e Valmir Roldão Evaldt.

Mampitubenses ilustres[editar | editar código-fonte]

  • Alexandre Torres - Ator e mágico mampitubense. Artista profissional desde 2009 que já se apresentou em mais de 40 cidades brasileiras e em Buenos Aires/Argentina.
  • José Nivaldo Martins Constante: ex-jogador de futebol profissional, defendeu entre outros clubes o Guarani de Venâncio Aires, o Esportivo de Bento Gonçalves e a Chapecoense. Atualmente exerce a função de dirigente no clube de Chapecó/SC
  • Cristia Estéfani Callegari de Mello. Modelo e Finalista do Concurso Miss Rio Grande do Sul Be Emotion 2017

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.