Rio Mampituba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rio Mampituba
Brazil-RS-Torres-200601.jpg

Rio Mampituba dividindo o estado do Rio Grande do Sul (à esquerda) e Santa Catarina (à direita).

Localização
País
Coordenadas
Hidrografia
Tipo
Bacia hidrográfica
Nascente
Altitude da nascente
1050 m
Foz

O rio Mampituba é um curso de água dos estado de Santa Catarina, e Rio Grande do Sul, no Brasil. Faz parte da divisa entre os dois estados.

Nasce em São Francisco de Paula e desagua no oceano Atlântico.

É um rio que através de seus meandros pode ser apreciado nos passeios de barco, que permitem a visualização dos municípios de Torres (RS) e Passo de Torres (SC), dos manguezais, da vegetação nativa e dos pássaros.

A foz do rio Mampituba foi protegida do assoreamento pelos molhes, o que facilita a saída dos barcos pesqueiros.

O nome Mampituba vem do tupi-guarani que quer dizer "rio de muitas curvas", ou "pai do frio".[1] Segundo as notas de Saint-Hilaire na "Viagem à Província de Santa Catarina" existem ainda outros significados atribuídos ao nome: "intimidar", "mochila", "lugar onde se juntam muitos morcegos".[2]

Referências

  1. Auguste de Saint-Hilaire, "Viagem ao Rio Grande do Sul, 1820-1821". Belo Horizonte : Editora Itatiaia, 1999
  2. Saint-Hilaire, Auguste. «"Viagem à Província de Santa Catarina". Companhia Editora Nacional. São Paulo. 1936. p 251.». www.brasiliana.com.br. Brasiliana. Consultado em 30 de março de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.