Manius Abbadi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Manius Abbadi
Manius Abbadi
Voleibol
Nome completo Manius Fernando da Silva Abbadi
Apelido André
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 13 de abril de 1976 (45 anos)
Porto Alegre, RS
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 90 kg Altura: 2,02 m
Clube Brasil UFJF
Período em atividade Seleção 1993;1994-1995;2008; 2010
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Copa dos Campeões
Ouro Japão 1997 Equipe
Campeonato Mundial Juvenil
Prata Johor Bahru 1995 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Lima 1994 Equipe
Campeonato Mundial Infanto-Juvenil
Ouro Istambul 1993 Equipe
Competidor do Bre Banca Lannutti Cuneo
Copa CEV
Bronze Atenas 2008-09 Equipe
Competidor do RJX
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Bronze Belo Horizonte 2013 Equipe

Manius Fernando da Silva Abbadi (Porto Alegre, 13 de abril de 1976) é um voleibolista indoor brasileiro, atuante nas posições de Ponta e Oposto,com marca de 328 cm de alcance no ataque e 318 no bloqueio, e que conquistou títulos nas três categorias da Seleção Brasileira: ouro no campeonato mundial infanto-juvenil de 1993, campeão sul-americano juvenil em 1994, vice-campeão mundial juvenil de 1995 e na adulto foi ouro na Copa dos Campeões de 1997[1].Em clubes disputou a edição da Copa CEV 2003-04, disputou duas edições da Liga dos Campeões da Europa , nas jornadas 2006-07 e 2007-08. Foi medalhista de bronze na Copa CEV 2008-09 e medalhista de bronze no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2013 no Brasil.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Inicia sua carreira no time porto-alegrense Sogipa e sua primeira convocação para Seleção Brasileira, na categoria de base, cujo técnico era Percy Oncken, esteve na equipe que realizou uma boa campanha e sagrou-se medalhista de ouro de forma invicta ao derrotar a Seleção Japonesa na final do Campeonato Mundial Infanto-Juvenil de 1993, tal edição ocorrida em Istambul-Turquia [1].

No ano de 1994 foi convocado para seleção brasileira pelo técnico Antônio Marcos Lerbach, desta vez para seleção brasileira juvenil, e disputou o Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino Sub-21 em Lima-Peru e sagrou-se campeão desta competição, permaneceu no grupo que treinava também para o Campeonato Mundial Juvenil da Malásia, e faziam parte desta geração: Itápolis, Gustavo Endres, Dirceu, André Heller, Giba, Alex Lenz, Ricardinho, Léo, Royal, Digão, Roim, Lilico, Rafinha, Renato Felizardo, comandados por Percy Oncken e pelo técnico Antônio Marcos Lerbach, sendo que ao final da competição conquistaram a medalha de prata ao perder para seleção soviética[2].

O primeiro título de sua carreira na categoria adulta pela Seleção Brasileira foi na Copa dos Campeões de 1997 no Japão e mais tarde também pela seleção principal ele foi convocado para disputar a edição da Liga Mundial de 1998, vestindo a camisa #18 alcançou a quinta posição[3].Na temporada 1999-00, foi campeão da Superliga Brasileira A pelo Telemig Celular/Minas[1].

No período esportivo de 2000-01, Manius defendeu a Ulbra sagrando-se campeão do Campeonato Gaúcho de 2000 e da Supercopa dos Campeões, além do vice-campeonato da Superliga Brasileira A e na temporada seguinte permaneceu neste clube conquistando o bicampeonato estadual e não subiu ao pódio na Superliga Brasileira A 2001-02, quando encerrou na quarta posição[4].

Pelo Wizard/Suzano jogou a temporada 2002-03, competiu por este no Campeonato Paulista de 2002[5] no qual obteve o título[6], além do ouro nos Jogos Abertos do Interior no mesmo ano.Por esse clube conquistou o bronze da Superliga Brasileira A 2002-03[4].

Em 2003 aceita a proposta do voleibol frances e atuou pelo Tourcoing LM e conquistou o bronze na Liga A Francesa 2003-04, e disputou a Copa CEV 2003-04[7], participando do Tournament #2 em TourcoingFrança, fase de classificação, encerrando em segundo lugar [8].

Continuou no voleibol europeu na jornada seguinte, sendo contratado pelo time russo do Dinamo Zenit alcançando o bronze na Liga A Russa 2004-05[9].Transferiu-se em 2005 para atuar no voleibol italiano e reforçou a equipe Teleunit Gioia Del Colle nas competições da jornada 2005-06, terminando no terceiro lugar da Liga A2 Italiana[10].

Com a renúncia desse clube italiano em disputar a Liga A2 Italiana seguinte, assinou contrato com o Bre Banca Lannutti Cuneo, na condição de reserva dos jogadores: Wout Wijsmans e Giba.Na referida temporada 2006-07, avançou as semifinais da Liga A1 Italiana, avançou até as quartas de final da Copa A1 Itália de 2006 e disputou a etapa da Liga dos Campeões da Europa, quando seu clube classificou em segundo lugar do Grupo D e avançou apenas até as oitavas de final e vice-campeão da Supercopa Italiana[11].

Pelo Bre Banca Lannutti Cuneo chegou novamente as semifinais da Liga A1 Italiana, mesma etapa que alcançou pela Copa A1 Italiana, novamente disputou uma edição da Liga dos Campeões da Europa, classificando-se em segundo lugar e avançando novamente até as oitavas de final [11]. Voltou a ser convocado para Seleção Brasileira em 2008 e disputou a edição da Liga Mundial, mas novamente não sobe ao pódio, terminando na quarta posição[1] . Renovou com esse mesmo clube para o período esportivo seguinte, sendo semifinalista novamente na Liga A1 Italiana 2008-09, vice-campeão da Copa A1 da Itália e avançou as semifinais da Copa CEV 2008-09[11] e conquistou o bronze[12].

Reforçou nas competições da jornada 2009-10 o Prisma Taranto Volley e disputou a Liga A1 Italiana, terminando na décima primeira posição[13]. Nessa mesma temporada atuou também no voleibol turco, época que foi contratado pelo Halkbank Ankara [14].Em 2010 foi convocado novamente para os treinamentos da Seleção Brasileira[15].

Manius foi repatriado pelo BMG/Montes Claros e obteve o bronze no Campeonato Mineiro de 2010 e disputou a Copa Cimed no mesmo ano [16] e por essa equipe disputou a Superliga Brasileira A 2010-11[17] encerrando na quarta posição na fase classificatória e finalizando após as quartas de final em quinto lugar[18].

E na temporada 2011-12 , transferiu-se para equipe do Vivo Minas foi vice-campeão mineiro [19] e desta vez sobe ao pódio na Superliga Brasileira A de 2011-12 na conquista da medalha de bronze da edição[20].

Atuou pela equipe RJX no período esportivo 2012-13, conquistando o título do Campeonato Carioca de 2012[21] e disputou por este a edição da Superliga Brasileira Série A de 2012-1[22], ocasião da conquista do título desta edição[23][24].Em 2013 conquistou pelo time carioca no Campeonato Sul-Americano de Clubes[25] e conquistou a medalha de bronze[26][27].

Manius é casado, e após encerrar contrato com a equipe carioca anteriormente citada, passou a atuar na temporada 2013-14 pelo Sesi/SP[28] conquistando o título do Campeonato Paulista em 2013[29] e foi vice-campeão da Copa Brasil de 2014 realizada em Maringá, PR[30]; já na Superliga Brasileira A 2013-14 classificou-se para a final desta edição e finalizou com o vice-campeonato[31].

Foi contratado pela UFJF para atuar nas competições do período esportivo de 2014-15[32].

Títulos e Resultados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (22 de julho de 2008). «LIGA MUNDIAL 2008: Diante da Rússia, Brasil abre a Fase Final no Maracanãzinho». Consultado em 6 de setembro de 2013 
  2. Daniel Bortoletto (5 de maio de 2011). «A legenda da foto da Seleção juvenil de 1994». Consultado em 31 de agosto de 2013 
  3. Todor66. «World League 1998» (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2013 
  4. a b c d e CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  5. FPV-Federação Paulista de Volleyball. «Divisão Especial 2002-Wizard/Suzano». Consultado em 19 de novembro de 2014 
  6. a b O Globo (10 de novembro de 2002). «Suzano é campeão Paulista de vôlei». Consultado em 19 de novembro de 2014 
  7. CEV-Confédération Européene de Volleyball. «2003/04 CEV CUP» (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2014 
  8. CEV-Confédération Européene de Volleyball. «2003/04 CEV CUP Competition Standings- Tournament #2 in TOURCOING (FRA)» (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2014 
  9. a b Zenit Kazan. «VC "Zenit-Kazan"-History-2004/05» (em russo). Consultado em 6 de setembro de 2013 
  10. a b Lega Volley. «Teleunit Gioia Del Colle» (em italiano). Consultado em 6 de setembro de 2013. Arquivado do original em 23 de outubro de 2014 
  11. a b c d e f g h i Lega Volley. «Bre Banca Lannutti Cuneo» (em italiano). Consultado em 6 de setembro de 2013 
  12. CEV-Confédération Européene de Volleyball. «2008/09 CEV CUP-Final Four in ATHENS (GRE) on 21st & 22nd March 2009- Classification Match 3°/4°» (em inglês). Consultado em 19 de novembro de 2014 
  13. Lega Volley. «Prisma Taranto» (em italiano). Consultado em 6 de setembro de 2013. Arquivado do original em 19 de março de 2014 
  14. Inside Volley Country (20 de dezembro de 2009). «2009 transfer news» (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2013 
  15. «Jogadores mais experientes do Vivo Minas». Consultado em 6 de setembro de 2013 
  16. a b Surgiu Esporte (5 de novembro de 2010). «SUPERLIGA MASCULINA 2010/2011: Tudo pronto para começar o melhor campeonato de vôlei do mundo- De volta ao caldeirão». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 21 de dezembro de 2013 
  17. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «SUPERLIGA 2010/2011- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA MASCULINA- BMG/MONTES CLAROS». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  18. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (25 de março de 2011). «VOLEIBOL- Resultados / Classificaçao-SUPERLIGA MASCULINA 2010/2011- QUARTAS-DE-FINAL» (PDF). Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 16 de março de 2014 
  19. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol. «Relatório Técnico 2011- CAMPEONATO ESTADUAL JUVENIL MASCULINO -Pág.45» (PDF). Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 3 de maio de 2014 
  20. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga Masculina 2011-12 - Classificação Final». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 5 de agosto de 2017 
  21. a b Gazeta Esportiva.net (7 de outubro de 2012). «RJX vence Volta Redonda e conquista Bicampeonato Carioca». Consultado em 19 de novembro de 2014 
  22. VôleiBrasil.org. «SUPERLIGA MASCULINA 2012/2013- Equipes – Masculino-RJX». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  23. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «SUPERLIGA MASCULINA 2012/2013- Classificação». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  24. a b Sada Vôlei (15 de abril de 2013). «SADA CRUZEIRO É SUPERADO PELO RJX E FICA COM O VICE-CAMPEONATO DA SUPERLIGA». Consultado em 19 de novembro de 2014 
  25. Saque Viagem (8 de maio de 2013). «Fronckowiak fica satisfeito com estreia do RJX». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 7 de abril de 2014 
  26. CSV- Confederación Sudamericana de Voleibol (12 de maio de 2013). «SUDAMERICANO DE CLUBES: RJX vence al club Buenos Aires Unidos y se queda con el tercer puesto» (em espanhol). Consultado em 19 de novembro de 2014 
  27. Hoje em dia- R7 (12 de maio de 2013). «RJX vence por 3 a 0 e fatura o bronze do Sul-Americano de Vôlei». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 29 de novembro de 2014 
  28. Juan Saavedra (31 de agosto de 2013). «Ainda buscando entrosamento, Sesi-SP perde em casa para Brasil Kirin». Consultado em 19 de novembro de 2014 
  29. a b Ariett Gouveia (31 de outubro de 2013). «Sesi-SP vence Brasil Kirin e é campeão paulista masculino de vôlei». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2014 
  30. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (25 de janeiro de 2014). «COPA DO BRASIL DE VOLEIBOL-RESULTADOS / CLASSIFICAÇÃO 2014» (PDF). Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  31. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga 2013/2014-Playoffs». Consultado em 19 de novembro de 2014. Arquivado do original em 24 de março de 2017 
  32. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Superliga Brasileira 2014/2015- Equipes- UFJF- 13-Manius». Consultado em 19 de novembro de 2014