Manoel Carlos Antunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manoel Carlos Antunes
Prefeito de Ananindeua Bandeira Ananindeua.png
Período 1º:1º de janeiro de 1997
até 1º de janeiro de 2005
2º: 1º de janeiro de 2013
até a atualidade
Antecessor(a) 1º: Rufino Franco
2º: Helder Barbalho
Sucessor(a) 1º: Helder Barbalho
Deputado estadual do Pará Pará
Período 31 de janeiro de 2011
até 31 de dezembro de 2012
Vice-Prefeito de Belém Bandeira belem.jpg
Período 1º de janeiro de 2005
até 1º de janeiro de 2009
Antecessor(a) Valdir Ganzer
Sucessor(a) Anivaldo Vale
Dados pessoais
Nascimento 1 de fevereiro de 1958 (59 anos)
Nova Módica, Minas Gerais
Partido PSDB
Profissão Economista

Manoel Carlos Antunes (Nova Módica, Minas Gerais 1 de fevereiro de 1958) é um empresário, economista e político brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Manoel Carlos Antunes nasceu em Nova Módica, município do estado de Minas Gerais, em 1º de fevereiro de 1958. Chegou ao Pará em meados da década de 1970 e adotou o município de Ananindeua como seu lar, onde trabalhou nos ramos supermercadista e de panificação.

Na política adotou o apelido de Pioneiro. Segundo alega, seria formado em Direito, Economia e Administração. [carece de fontes]

Vida Política[editar | editar código-fonte]

Manoel Pioneiro, foi em 1988 eleito vereador de Ananindeua. Em 1990, chegou ao Poder Legislativo como deputado estadual, assumindo a vice-presidência da Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA).

Em 1994, foi reeleito deputado estadual em Ananindeua e escolhido para presidir a Comissão de Redação das Leis na ALEPA.

Sua trajetória como prefeito de Ananindeua teve início no pleito eleitoral de 1996, sendo reeleito para o cargo máximo do município em 2000, após uma votação que o tornou o candidato eleito mais votado no Pará e o segundo mais votado do Brasil. Nesse período, ainda recebeu os Prêmios Qualidade Brasil 2001, 2002 e 2003, ofertado pela International Quality Service aos brasileiros que mais se destacam em suas atividades a cada ano, prêmios que lhe concederam o convite, no ano de 2003, a comparecer em Miami, cidade norte-americana do Estado da Flórida, pela prefeitura local, para ministrar uma palestra sobre "Administração Pública". No ano seguinte, em 2004, Pioneiro foi eleito vice-prefeito de Belém na chapa composta com o condenado da justiça Duciomar Costa, numa gestão que seria caracterizada pelo maior abandono e corrupção já observados na capital do Pará, com Duciomar encerrando o mandato respondendo a pelo menos 33 processos na justiça.

Em 2006, nas eleições para deputado estadual, Pioneiro obteve pela terceira vez foi eleito deputado estadual, tornando-se o deputado mais votado naquele pleito.

Em 2010, no seu quarto mandato Pioneiro retorna a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (ALEPA) e é eleito presidente dessa Casa de Leis para o biênio de 2011 e 2012.

Em 2012, é eleito pela terceira vez prefeito de Ananindeua, em primeiro turno, obtendo mais de 113 mil votos, à frente da gestão municipal da segunda maior cidade do Estado do Pará e a terceira maior cidade da Amazônia, que possui mais de 500 mil habitantes.

Ananindeua era e continuou sendo após as gestões de Manoel Pioneiro, a cidade com o pior saneamento básico do país. [1][2] Consequentemente, os números de doenças impostos a seus moradores, é também recorde.

Saúde Pública caótica[editar | editar código-fonte]

Outra má notícia para os moradores de Ananindeua: no Brasil, a média de investimentos em saneamento nos últimos 5 anos foi de R$ 96,5 milhões, ou R$ 28 por habitante a cada ano. Em Ananindeua, esse valor foi de apenas R$ 13 por habitante - menos da metade da média nacional. “As cidades mais carentes ficam cada vez mais atrasadas”, diz o presidente do Trata Brasil, Édison Carlos.

[1]

Referências

  1. a b DMSNet. «Instituto Trata Brasil - Ananindeua é a pior cidade do Brasil em saneamento». www.tratabrasil.org.br. Consultado em 14 de agosto de 2017 
  2. «Ananindeua, no Pará, tem a pior rede de tratamento de esgoto do Brasil». Bom Dia Brasil. 2 de outubro de 2013 
Precedido por
Rufino Franco
Prefeito de Ananindeua
1996 — 2004
Sucedido por
Helder Barbalho
Precedido por
Helder Barbalho
Prefeito de Ananindeua
2013 — atualidade
Sucedido por