Mansão Margarida Costa Pinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mansão Margarida Costa Pinto
História
Arquiteto
Ivan Smarcevscki
Desenvolvedor
Abertura
Status
Completado
Uso
Residencial
Arquitetura
Telhado
135 metros
Superfície
19.137,71 metros
Pisos
43 pavimentos e 2 subsolos
Localização
Localização
Endereço

Margarida Costa Pinto é um arranha-céu do município brasileiro de Salvador. Com 43 andares, tem 135 metros medidos a partir da entrada principal, e 154 metros a partir da entrada secundária. Sendo então o 2º mais alto da capital e estado, apenas atrás da Mansão Wildberger. É um dos maiores edifícios do Brasil.[1]

O Edifício Mansão Margarida Costa Pinto é um condomínio residencial de alto luxo situado em área nobre da cidade de Salvador, o Corredor da Vitória, trecho da Avenida Sete. Com um apartamento por andar, este remete aos típicos edifícios luxuosos da região da Vitória/Barra.

O preço de venda de uma unidade neste edifício varia de R$ 7.500.000,00 a R$15.000.000,00. Entre os diferenciais do edifico estão um teleférico que faz a ligação entre o hall interno, o restaurante e píer exclusivo do prédio.[carece de fontes?]

Referências

  1. «Mansão Margarida Costa Pinto». Emporis. Consultado em 19 de dezembro de 2017. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arranha-céus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Precedido por
Morada dos Cardeais
Edifício mais alto de Salvador
2008 - 2012
158 m
Sucedido por
Vitraux
158 m