Edifício do Banco do Brasil (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Farol Santander
Avenida Sao Joao, Sao Paulo 2006.jpg

Avenida São João com o Banco do Brasil à direita e o edifício Martinelli à esquerda.

História
Abertura
1954 (65 anos)
Arquitetura
Telhado
143 metros
Pisos
24
Localização
Localização
Endereço
Coordenadas

O Edifício do Banco do Brasil é um grande e antigo arranha-céu, localizado no centro da cidade de São Paulo, SP, no Brasil. Foi concluído em 1954 com 143 metros de altura e 24 andares,[1] sendo ele atualmente o 14º maior edifício do Brasil e o 12º maior da cidade de São Paulo.

Trata-se de um edifício massivo que obedece um determinado padrão escalonado em seu projeto arquitetônico, e que, por suas dimensões e localização central pode ser avistado de diversos pontos dos mais longínquos da cidade. A cor bege da parte externa da construção é conferida pela tonalidade das pastilhas usadas em seu revestimento.

Está localizado de fronte ao histórico e tradicional Edifício Martinelli na Praça Antonio Prado, no início da Avenida São João, no Centro Histórico de São Paulo, possuindo ainda duas outras faces externas laterais voltadas tanto para a rua São Bento quanto para a rua Líbero Badaró, no que é considero atualmente como sendo o Antigo Centro Financeiro da cidade de São Paulo, região que além de abrigar a bolsa de valores da cidade(BM&FBovespa), abriga também outros grandes edifícios que em algum momento foram sedes administrativas de outros bancos brasileiros e de estrangeiros operantes no país tais como o Banco Mercantil de São Paulo, o Unibanco, o BankBoston e o Banespa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IBGE (ed.). «Biblioteca». Consultado em 9 de janeiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]