Casa do Grito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa do Grito
Casa do Grito.JPG
Data da construção Aproximadamente em 1884
Estilo arquitetônico Arquitetura colonial do Brasil
Cidade São Paulo, SP
Tombamento 1975
Órgão CONDEPHAAT

A Casa do Grito é um imóvel tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (CONDEPHAAT), que integra o acervo de Casas Históricas, sob a responsabilidade do Departamento do Patrimônio Histórico, de São Paulo e abriga exposições diversas com temas relacionados à cidade.

Características[editar | editar código-fonte]

Quadro "Independência ou Morte", mais conhecido com "O Grito do Ipiranga" (óleo sobre tela, 1888), onde vê, ao fundo, a chamada Casa do Grito.

A casa ergue-se nas proximidades do antigo Caminho do Mar e do riacho Ipiranga, tendo sido originalmente construída em pau-a-pique. Guarda vestígios das diversas reformas realizadas ao longo do tempo pelos seus diversos moradores. Diferentes materiais de construção foram a ela incorporados, tais como tijolos e até mesmo uma pequena intervenção em concreto.

Embora tenha sido vinculada à cena da proclamação da independência do Brasil em 1822 por D. Pedro I (1822-1831), na tela "Independência ou Morte" do pintor Pedro Américo, o documento mais antigo sobre a sua origem data de 1884.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Foi desapropriada em 1936, permanecendo semiabandonada até 1955, quando se realizou uma restauração que procurava aproximá-la à casa representada na tela de Pedro Américo, que se encontra no Salão Nobre do Museu Paulista (Museu do Ipiranga). Nessa restauração lhe foi incorporada uma falsa janela em uma de suas paredes, a fim de torná-la o mais fiel possível à representação artística do pintor. Nessa ocasião que o imóvel passou a ser conhecido como "Casa do Grito".[1]

Foi tombado em 1975 pelo CONDEPHAAT e, em 1981, foi submetida a pesquisas arqueológicas e a obras de restauro que procuraram corrigir os excessos das intervenções realizadas ao longo dos anos.[1]

Nos anos 2007 e 2008, passou por novo processo de restauração, sendo reinaugurada no dia 7 de setembro de 2008.[2]

É uma das doze casas que integram o Museu da Cidade de São Paulo.[2]

Visitação[editar | editar código-fonte]

A Casa do Grito se localiza no interior do Parque da Independência, no Ipiranga e abriga exposições diversas com temas relacionados à cidade de São Paulo. A visitação pública é permitida de terça a domingo, das 9:00 às 17:00 horas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Visitado em 5/04/2009

Referências

  1. a b «Sampa.art - Casa do Grito». Consultado em 5 de abril de 2009 
  2. a b «Museu da cidade de São Paulo - Casa do Grito». Consultado em 5 de abril de 2009