Marcha para Jesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lula, Michel Temer, e Marcelo Crivella durante cerimônia de sanção do projeto de lei que institui o Dia Nacional da Marcha. Foto: Roosewelt Pinheiro/ABr.

A Marcha para Jesus é um evento internacional e interdenominacional (ou seja, realizado conjuntamente por diversas denominações evangélicas) que ocorre anualmente em milhares de cidades espalhadas pelo mundo.

Com finalidade de reunir fiéis da igreja evangélica a Marcha para Jesus é organizada pela Igreja Renascer em Cristo, no Brasil (com participação de outras denominações neopentecostais), o evento traz a rua as igrejas, que marcham atrás de trios elétricos. Com participação de vários estados do Brasil[1], o evento reúne caravanas (nome designado aos grupos de viajantes, peregrinos) de diversos lugares.[2] Entre 1994 e 2000 foi realizada como um evento global, ocorrendo em cerca de 170 países na mesma data[3] .

As caravanas se encontram em um determinado ponto e vão "marchando" até o local onde um palco fica localizado para eventuais shows, como ocorreu em São Paulo no dia 26 de maio de 2016, em que milhares de fieis se reuniram na região da Luz e seguiram até a Praça dos Heróis, localizada próxima ao Campo de Marte, onde o palco estava montado.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Número aproximado de participantes da Marcha para Jesus em São Paulo
Ano Participantes
(segundo PM)
Participantes
(segundo o Coordenador Nacional)
1993 500.000
1994 1.200.000
1995 2.500.000
2000 1 000 000[5] 3.000.000
2001 100 000[6] 4.500.000
2002 1 000 000[7]
2003 2 000 000[8]
2004 2 000 000[9]
2005 3 000 000[10]
2006 3 000 000[11]
2007 3 500 000[12]
2008 3 200 000[13] 5 500 000[14]
2009 4 000 000[15] 6.000.000
2010 5 000 000[16] 6.500.000
2011 5 000 000[17] 7.000.000
2012 2 000 000[18] 6.500.000
2013
2014

A primeira Marcha para Jesus — denominada "March For Jesus"[3] — aconteceu em 1987 na cidade de Londres, no Reino Unido. Foi criada pelo pastor Roger Forster, da Ichthus Christian Fellowship, pelo cantor e compositor Graham Kendrick, por Gerald Coates, do movimento Pioneer e Lynn Green, do Youth with a Mission. A expectativa inicial de 5 mil pessoas foi amplamente superada pela presença de 15 mil participantes, impulsionando a realização de uma edição do evento[3] .

Marcha na cidade de Bordeaux, França.

Em 1990, a Marcha já havia se espalhado por 49 cidades em todo o Reino Unido e também em Belfast (capital da Irlanda do Norte), onde 6 mil católicos e protestantes se reuniram. Estimava-se que aproximadamente 200 mil religiosos participassem do evento. A Marcha rapidamente se expandiu para os demais continentes.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No ano de 1993, a Marcha Para Jesus chegou ao Brasil por meio do Apóstolo Estevam Hernandes, um dos fundadores da Igreja Renascer em Cristo. Neste ano, a Marcha Para Jesus foi realizada em mais de 100 cidades em várias regiões do Brasil.

Seis anos depois, cerca de 10 milhões de pessoas de aproximadamente 200 países marcharam para celebrar o nome de Jesus Cristo. Pessoas de diversas religiões, idades e etnias saíram às ruas de países como Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Irlanda do Norte, Egito, Israel, EUA, Canadá, Rússia, Cuba, Finlândia, Japão, Moçambique, África do Sul, Brasil, Argentina, Bolívia, Peru e Chile,

Em 2013, o evento foi realizado pela primeira vez na Terra Santa, Israel.

A Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do Brasil desde setembro de 2009, quando a Lei Federal 12.025 foi sancionada pelo Ex. presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No ano de 2015, o evento contou com aproximadamente 340 mil pessoas[19]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Praça Heróis da FEB e Avenida Santos Dumont em Santana, palcos do evento paulistano.

A primeira edição brasileira da Marcha para Jesus, realizada na cidade de São Paulo em 1993, levou cerca de 350 mil pessoas às ruas do centro da cidade, com destino ao Vale do Anhangabaú, ocorrendo um show gospel e arrecadação de agasalhos. Desde então, o evento foi transferido para algumas regiões da cidade, sendo grande parte delas localizadas na Zona Norte paulistana. Reunindo multidões em todos os anos, alcança o marco de 1 milhão de evangélicos participando no ano de 2000.[6] Em 2005. a Marcha foi transferida para a Avenida Paulista, onde foi realizada por mais um ano.[20] No ano de 2007, após um termo assinado entre o Ministério Público de São Paulo e o governo do prefeito Gilberto Kassab (DEM), houve uma restrição na realização de eventos na Avenida, que, a partir desta data, abrigaria apenas três eventos por ano.[21]

A partir deste ano a Marcha passou a ser realizada nos bairros paulistanos de Bom Retiro e Santana, reunindo mais de três milhões de participantes anualmente.[22][23] O trajeto da Marcha começa na região central da cidade, na estação Tiradentes do Metrô, segue pela Avenida Tiradentes, Ponte das Bandeiras, Avenida Santos Dumont, Praça Campo de Bagatelle, e termina na Praça Heróis da FEB, Zona Norte. Após a caminhada, acompanhada por mais de 10 trios elétricos, os participantes reúnem-se na concentração do evento, um palco montado na Praça Heróis da FEB, onde são realizados shows de música gospel.

Em 2008, Gilberto Kassab, prefeito da cidade, disse que a prefeitura estava estudando a possibilidade de transferir o evento para o Autódromo de Interlagos, local onde seria realizada a edição de 2009. [24] A decisão, tomada devido a reclamações da população que vive na região da Praça Campo de Bagatelle, causou o descontentamento dos membros da Igreja Renascer em Cristo, organizadora da Marcha na cidade de São Paulo.[25]

Desta forma, em 2010, a 18ª Marcha para Jesus[26] aconteceu na Zona Norte da cidade. Os fiéis se encontraram na Estação Tiradentes do metrô, localizada na Linha 1-Azul, e percorreram 4 km até chegarem ao ponto final: a Praça Campo de Bagatelle, em Santana. Lá, os mais de 2 milhões de participantes puderam acompanhar apresentações musicais do cantor francês Chris Durán, e de artistas como Soraya Moraes, Renascer Praise, DJ Alpiste, Quarteto FLG, Toque no Altar e Irmão Lázaro.

A Polícia Militar (PM) afirmou que 2 milhões de pessoas participaram do evento.

Nas edições seguintes, o local foi mantido. Em 2011, a PM confirmou 1,5 milhão de participantes[27] na Marcha para Jesus, número que caiu para 335 mil em 2012[28], de acordo com uma pesquisa realizada pelo jornal Folha de S. Paulo. Nos anos seguintes, o número de participantes ficou instável — segundo a Polícia Militar, 800 mil pessoas participaram em 2013[29] e 200 mil em 2014[30]; no ano de 2015, a PM contabilizou 340 mil[31], mas em 2016 não divulgou o número de participantes[32] e a organização do evento estimou que 3 milhões de pessoas compareceram para percorrer o caminho de aproximadamente quatro quilômetros[33].

Em 2017 está previsto para o dia quinze de junho, no feriado de corpus christi, o evento cristão. O evento possui entrada franca. Na estação metroviária da Luz, ao lado de fora, está programado o encontro dos participantes, para que assim possam caminhar juntos até o local do término da Marcha para Jesus, na Praça Heróis da FEB. O evento terá início às dez horas da manhã. A organização do evento orienta as pessoas a não ficarem na porta do metrô, para assim evitar transtornos na entrada e saida de pessoas na estação, e que os adultos que estiverem acompanhados de crianças, identifique-as, com o nome e telefone do responsável, e o seu respectivo nome[34]

A edição de 2017 comemora vinte e cinco anos de Marcha a Jesus e possuirá diversas atrações na Praça Heróis da FEB. Entre elas as bandas "Ao Cubo", "Banda Dopa", "Bruna Karla", "Damares", "Eli Soares", "Fernando Urias", "Marcela Tais", "Juliana Santiago", Milena e Xuxu", Nanan Shara e PR Brinco"[35], entre outras atrações.[36]

Desde 1993, a Marcha para Jesus é realizada anualmente em centenas de cidades em todos os Estados do Brasil, incluindo o Distrito Federa.

Referências

  1. «Políticos evitam aparecer em Marcha para Jesus em São Paulo». Folha de S.Paulo 
  2. «folha uol» 
  3. a b c «How March for Jesus started» 
  4. «Marcha para Jesus reúne multidão em São Paulo». São Paulo. 26 de maio de 2016 
  5. Encontro Evangélico reúne mais de 1 milhão e complica trânsito em São Paulo
  6. a b «100 mil participam de Marcha para Jesus; trânsito é prejudicado». 2 de junho de 2001 
  7. "Marcha Para Jesus" reúne 1 milhão de pessoas em São Paulo
  8. Marcha para Jesus reúne cerca de 2 milhões em São Paulo
  9. Marcha para Jesus reúne 3 milhões na avenida Paulista, diz PM
  10. PM estima em 2 mi o número de participantes de marcha evangélica em SP
  11. Marcha para Jesus reúne 3 milhões na avenida Paulista, diz PM
  12. Evangélicos marcham e assistem a shows gospel em São Paulo
  13. Marcha para Jesus reúne 1,2 milhão em SP na znona norte
  14. Marcha para Jesus atrai 5 milhões em SP; PM vê exagero e estima público em 1,2 milhão
  15. «Marcha para Jesus reúne 3 milhões de fiéis em São Paulo» 
  16. Marcha para Jesus reúne 2 milhões de pessoas em SP
  17. Multidão participa da Marcha para Jesus em São Paulo Marcha para Jesus reúne 2 milhões de pessoas em SP
  18. Multidão participa da Marcha para Jesus em São Paulo Marcha para Jesus reúne 2 milhões de pessoas em SP
  19. «Marcha para Jesus reúne multidão em São Paulo» 
  20. Paulista recebe hoje marcha evangélica
  21. Evangélicos marcham e assistem a shows gospel em São Paulo
  22. «Marcha para Jesus atrai 5 milhões em SP; PM vê exagero e estima público em 1,2 milhão (22 de maio de 2008)» 
  23. http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1363861-5602,00-MARCHA+PARA+JESUS+REUNE+MILHOES+DE+FIEIS+EM+SAO+PAULO.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  24. Kassab diz que Marcha para Jesus 2009 deve ocorrer no autódromo de Interlagos
  25. Marcha para Jesus deve ser em Interlagos em 2009, diz Kassab
  26. «G1 - Marcha para Jesus reúne multidão - fotos em São Paulo». g1.globo.com. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  27. «Marcha para Jesus reúne multidão de evangélicos em São Paulo - Notícias - Cotidiano». Consultado em 13 de setembro de 2016 
  28. «Marcha para Jesus 2012 em São Paulo: Fotos, vídeos, relatos e opiniões». 15 de julho de 2012. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  29. «Marcha para Jesus atrai 2 milhões em SP, diz organização». 29 de junho de 2013. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  30. «Marcha para Jesus reúne milhares de evangélicos na Zona Norte de SP». 7 de junho de 2014. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  31. «Milhares participam da Marcha para Jesus 2015 em São Paulo». 4 de junho de 2015. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  32. «Políticos evitam aparecer em Marcha para Jesus em São Paulo - 26/05/2016 - Poder - Folha de S.Paulo». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  33. «Marcha para Jesus leva milhares de fiéis às ruas em São Paulo». Jornal Nacional. 26 de maio de 2016 
  34. «Marcha para Jesus 2017 |  15 de Junho em São Paulo». www.marchaparajesus.com.br. Consultado em 22 de abril de 2017 
  35. «Marcha para Jesus 2017 |  15 de Junho em São Paulo». www.marchaparajesus.com.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  36. «Marcha para Jesus 2017 |  15 de Junho em São Paulo». www.marchaparajesus.com.br. Consultado em 25 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]