Convento e Igreja de São Francisco (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fachada e torre da Igreja de São Francisco de São Paulo
Convento (já convertido em faculdade) e Igrejas de S. Francisco e da Ordem Terceira em 1862 (foto de Militão Augusto de Azevedo)
Militão Augusto de Azevedo: Vista em direção ao Largo São Francisco, São Paulo

O Convento de São Francisco foi uma instituição religiosa instalada na vila de São Paulo no Brasil colonial. No século XIX o convento foi convertido em Faculdade de Direito, mas a Igreja São Francisco ainda existe. Adossada a esta localiza-se a Igreja de São Francisco das Chagas, levantada pela Ordem Terceira de São Francisco.

O conjunto formado pela Faculdade de Direito e as duas igrejas franciscanas tem grande valor histórico e localiza-se no Largo de São Francisco, no Centro Histórico de São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

Os frades da Ordem Franciscana vieram a São Paulo, provenientes da Bahia, em 1639, instalando-se inicialmente na Igreja Santo Antônio.[1][2] O lugar foi considerado insalubre e, após pedido à Câmara Municipal realizado em 1642, os frades se mudaram a um terreno localizado numa das bordas da colina onde foi fundada a vila.[2] Neste local, no atual Largo de São Francisco, construíram o seu convento, inaugurado a 17 de setembro de 1647.[3][2]

A igreja conventual foi muito modificada a partir de meados do século XVIII, o que lhe conferiu a atual forma barroca.[3][4] É de nave única e possui, no arco-cruzeiro, dois retábulos de talha barroca, estilo D. João V. Destaca-se também o cadeiral do coro, de madeira de jacarandá.[2][4] Nos finais do século XIX (1880) a igreja e convento anexo foram muito danificados num incêndio.[3] Nessa época instalou-se no altar-mor um novo retábulo, comprado na Alemanha.[4] O teto curvo de madeira da nave tem pinturas sobre a vida de São Francisco, datadas de 1953, refeitas a partir das destruídas em 1880.[4][2]

Igreja São Francisco[editar | editar código-fonte]

A Igreja de São Francisco, localizada no Largo de São Francisco, no centro de São Paulo, é propriedade da Ordem Franciscana dos Frades Menores. Está ao lado da Igreja de São Francisco das Chagas e da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Em 1982, a igreja se tornou um bem tombado.

Capela da Ordem Terceira[editar | editar código-fonte]

Em 1676, os irmãos da Ordem Terceira de São Francisco iniciaram a construção de uma capela para a ordem no interior da igreja franciscana.[5] Essa capela foi subsequentemente ampliada até transformar-se numa igreja independente, com a fachada adossada à igreja conventual. Foi inaugurada em 1787.[5]

Faculdade de Direito[editar | editar código-fonte]

Em 1827/28 os franciscanos abandonaram o edifício do convento, por este ter sido requerido pelo governo imperial para instalar ali a Academia de Ciências Sociais e Jurídicas, atualmente Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.[6] O convento colonial foi demolido em 1933 para a construção de uma nova sede, em estilo neocolonial, da autoria de Ricardo Severo.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências