Avenida Doutor Arnaldo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Avenida Doutor Arnaldo
Brasil
A avenida Doutor Arnaldo. À esquerda, pode ser vista a Torre da TV Bandeirantes, que com seus 212 metros, é uma das estruturas mais altas da cidade.
Nomes anteriores Avenida Municipal
Inauguração 1931 / Duplicada em 1969
Extensão 2300
Início Complexo Viário Paulista/Rebouças/Dr. Arnaldo
Cruzamentos Rua Oscar Freire, Rua Cardoso de Almeida, Rua Teodoro Sampaio, Rua Cardeal Arcoverde, Avenida Rebouças, Avenida Paulista
Subprefeitura(s) Pinheiros
Bairro(s) Pinheiros, Sumaré, Jardim Paulista, Higienópolis e Pacaembu
Fim Rua Bruxelas

A Avenida Doutor Arnaldo é uma avenida da zona Oeste da cidade de São Paulo,[1] que liga a Avenida Paulista e a Rua da Consolação à Rua Heitor Penteado e à Avenida Sumaré,[2] e termina dentro do distrito de Perdizes. Nela se localizam o Cemitério do Araçá, o Cemitério do Santíssimo Sacramento, a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, o Instituto Adolfo Lutz, Instituto Emílio Ribas, e o Santuário de Nossa Senhora de Fátima.

Seu nome é uma homenagem ao Dr. Arnaldo Vieira de Carvalho, médico fundador da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.[3]

Em 2017, a avenida recebeu a 33.ª edição do programa SP Cidade Linda, do então prefeito João Doria.[2]

Nela estão localizadas as estações Clínicas e Santuário Nossa Senhora de Fátima-Sumaré, da Linha 2–Verde do Metrô. Esta última serve como mirante em ambos os sentidos, sendo possível contemplar a Vila Madalena e parte da zona norte, com a Serra da Cantareira ao fundo.[4]

Um incinerador de lixo funcionou entre 1924 e 1948 entre a Rua Artur Alvim e a Avenida Doutor Arnaldo.[5]

A torre de transmissão da Rede Cultura de Televisão e da Rádio Cultura FM fica localizada na avenida. Projetada pelo arquiteto Jorge Caron, a torre tem 155 metros de altura. Na sua construção foram empregadas cerca de 480 toneladas de aço.[6]

Referências