Largo de São Francisco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre Largo de São Francisco, em São Paulo. Para Largo de São Francisco de Paula, no Rio de Janeiro, veja Largo de São Francisco de Paula.
Largo de São Francisco
País
Inauguração 1640 (377 anos)
Subprefeitura(s)
Bairro(s) Centro
Ladeira do Ouvidor, no largo, ao redor de 1860

A palavra "Largo" significa qualquer área mais extensa do que às ruas que intercepta.

O Largo de São Francisco acolhe alguns marcos importantes da história paulistana e é considerado um dos principais conjuntos de arquitetura barroca da cidade de São Paulo. É também conhecido como o "marco zero" de uma das mais importantes avenidas paulistana, a Brigadeiro Luís Antônio[1]. Pode-se dizer, assim, que é um logradouro do Centro da cidade de São Paulo, no Brasil.

Nele estão localizadas a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP) e a Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), além da Igreja São Francisco (igreja de Ordem Primeira) e a Igreja da Ordem Terceira da Penitência. A rua lateral chama-se Cristóvão Colombo.

História[editar | editar código-fonte]

No largo, instalou-se na década de 1640 o Convento de São Francisco, dando origem a um dos mais antigos conjuntos da arquitetura religiosa da cidade de São Paulo. As três construções que compõem o conjunto - a Faculdade de Direito, a Igreja de São Francisco e a Igreja da Ordem Terceira da Penitência – faziam parte de uma pequena fazenda, cuja demarcação bem provavelmente foi estabelecida em 1642.

A Igreja São Francisco de Assis - ou apenas Igreja São Francisco -, começou a ser construída em 1642 e inaugurada em 1647, foi feita em taipa de pilão e suas paredes tem 1,5 metros de espessura. Seu interior, apesar de não ser muito sofisticado, relata a história de padres franciscanos em imagens. Algumas dessas figuras possuíam grande valor, como a de São Francisco, tido como a mais atraente de um convento franciscano no país.[1]

Em setembro de 1639, partiu, do Rio de Janeiro, a caravana dos sete freis fundadores do Convento São Francisco de São Paulo, que chegaram ao planalto, em São Paulo, somente em janeiro do ano seguinte.

Inicialmente, os freis ficaram instalados onde hoje é a Praça do Patriarca, no final do Viaduto do Chá. O local revelou-se impróprio para a construção do convento devido à falta de água e à exposição aos ventos que varriam o Vale do Anhangabaú.

Devido às dificuldades iniciais de instalação, outro terreno foi doado pela Câmara da Vila de São Paulo aos franciscanos. As obras começaram somente quatro anos e meio depois. O convento foi inaugurado a 17 de setembro de 1647, junto com a Festa das Chagas de São Francisco.

Por volta de 1800, o terreno em frente ao convento era chamado pelos paulistanos de Largo do Capim, devido à grande quantidade dessa erva no local. A partir de 1828, as instalações do convento foram ocupadas pela Faculdade de Direito de São Paulo, possuindo uma biblioteca aberta a todos os públicos contendo cerca de 300 mil títulos (muitos de autoria de ex-alunos). O terreno em frente à faculdade passou a ser chamado de Largo do Curso Jurídico.

A partir de meados do século XIX, o largo passou a ser chamado pelo seu nome atual: Largo de São Francisco.[2]

Informações[editar | editar código-fonte]

  • Todo dia 13 de junho, dia de Santo Antônio, a congregação franciscana distribui 100 mil pães à população pobre como forma de manter uma velha tradição.
  • O termo largo nada mais é que um espaço deixado no mapa urbano para criar uma perspectiva para vultosos edifícios. Quase todas as praças do Centro de São Paulo originaram-se de largos.

Linhas da SpTrans[editar | editar código-fonte]

N°da Linha Nome da Linha
5106/10 Jardim Selma
5119/10 Terminal Capelinha
5119/22 Terminal João Dias
5370/10 Terminal Varginha
5391/10 Jardim Ângela
5391/21 Terminal Guarapiranga
5630/21 Cidade Dutra
5632/10 Vila São José
5632/21 Jardim Iporanga
5632/51 Jardim Alpino
6455/10 Terminal Capelinha

Referências

  1. a b Sampaio, Leandro. «Largo São Francisco». www.cidadedesaopaulo.com. Consultado em 5 de abril de 2017 
  2. Dicionário de Ruas - História das Ruas de São Paulo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma praça é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.