Edifício sede da Bovespa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A sede da Bovespa é um edifício da década de 1940, construído em estilo neoclássico, no centro de São Paulo. Sofisticado, o edíficio possui mármore italiano em suas escadas, obras de arte, móveis clássicos, uma biblioteca e dois auditórios.

O prédio pertencia ao Comind (Banco do Comércio da Indústria) que acabou perdendo o imóvel 1985 devido à liquidação extrajudicial. Em 1986 a Bovespa adquire o edifício em um leilão pelo valor de US$ 10 milhões.

A inauguração da nova sede da Bolsa de Valores de São Paulo ocorreu em 1990 após uma ampla reforma, que passou a área do imóvel de 12 mil para 18 mil metros quadrados.

Atualmente com 10 andares, o prédio abriga 700 pessoas entre funcionários e operadores, além de ser sede da CBLC (Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia), que pertence à Bovespa.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre construção civil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.