Mary Del Priore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mary del Priore)
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Del Priore
Mary Del Priore
Nome completo Mary Lucy Murray Del Priore
Nascimento 1952 (63–64 anos)
Nacionalidade  Brasileira
Ocupação Professora
Cargo Professora da UFRJ
Página oficial
http://marydelpriore.com.br/

Mary Lucy Murray Del Priore (Rio de Janeiro, 1952) é uma historiadora e professora brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Especialista em História do Brasil, Mary Del Priore concluiu o doutorado em História Social na Universidade de São Paulo e pós-doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, na França[1]. Lecionou História em várias universidades brasileiras, tais como a Universidade de São Paulo, a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, e a Universidade Salgado de Oliveira. É colaboradora de periódicos nacionais e internacionais, científicos ou não[2].

Escreveu, organizou ou colaborou em várias publicações, ganhando, com isso, títulos como o Prêmio Casa Grande & Senzala, outorgado pela Fundação Joaquim Nabuco e o Prêmio Jabuti[3].

Prêmios [1][editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Fundação Biblioteca Nacional 2009 pela obra Condessa de Barral;
  • Prêmio APCA 2008 pela obra O Príncipe Maldito;
  • Prêmio Themis CCJF (2004);
  • Prêmio Casa Grande e Senzala (2000);
  • Prêmio Personalidade Cultural do Ano (1998);
  • Prêmio Casa Grande e Senzala (1998);
  • Prêmio Manoel Bonfim (1998);
  • Prêmio da União Brasileira de Escritores (1998);
  • Prêmio Jabuti (1998) em duas categorias;
  • Prêmio do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Governo da França e da Organização dos Estados Americanos (1992);

Publicações[editar | editar código-fonte]

Lista de algumas publicações importantes da autora[4][5]:

  • Histórias da Gente Brasileira, Vol.1: Colônia, Editora LeYa, 2016.
  • Beije-me onde o Sol não alcança, Editora Planeta do Brasil, 2015.
  • Do Outro Lado - A História do Sobrenatural e do Espiritismo, Editora Planeta do Brasil, 2014.
  • O Castelo de Papel. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2013.
  • A Carne e o Sangue. A Imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2012.
  • Histórias Íntimas. Sexualidade e Erotismo na História do Brasil. São Paulo: Editora Planeta, 2011.
  • Matar para não morrer. A morte de Euclides da Cunha e a noite sem fim de Dilermando de Assis. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.
  • Condessa de Barral, a paixão do Imperador. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.
  • O príncipe maldito. Rio de Janeiro: Objetiva, 2007.
  • História do Amor no Brasil. São Paulo: Contexto, 2005.
  • História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 1997.
  • Festas e utopias no Brasil colonial. São Paulo: Brasiliense, 1994.
  • História da Criança no Brasil. São Paulo: Contexto, 1991.

Referências

  1. a b Página da Cultura - Acesso em 22 de fevereiro de 2011.
  2. Academia Brasileira de Letras - Acesso em 22 de fevereiro de 2011.
  3. Editora Contexto - Acesso em 22 de fevereiro de 2011.
  4. Informações bibliográficas junto de entrevista na Revista de História da Biblioteca Nacional (Brasil) - Acesso em 23 de fevereiro de 2011.
  5. «LEYA » Catálogo». geral.leya.com.br. Consultado em 2016-09-15. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]