Matt Cassel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matt Cassel

Cassel em 2010.
No. 16     Free Agent
Quarterback
Informações pessoais
Data de nascimento: 17 de maio de 1982 (35 anos)
Local de nascimento: Northridge, Califórnia
Altura: 6 ft 4 in (1 93 m) Peso: 230 lb (104 kg)
Informação da carreira
Faculdade: Southern California
Draft da NFL: 2005 / Rodada: 7 / Escolha: 230
Estreou em 2005 pelo New England Patriots
História da carreira
 Como jogador:
Pontos altos na carreira e prêmios
  • 1× Selecionado para o Pro Bowl (2010)
  • 2× AFC Offensive Player of the Week (2008)
  • Back to back 400-yard games (2008)
  • USA Today All-Joe team (2008)
  • AFC Offensive Player of the Month (Novembro de 2010)
Estatísticas de carreira na NFL até a temporada de 2017
TDINT     104–81
Jardas aéreas     17 449
QB Rating     78,8
Estatísticas no NFL.com

Matthew Brennan "Matt" Cassel (17 de maio de 1982, Northridge, Califórnia) é um jogador de futebol americano que joga como quarterback na National Football League (NFL).[1] Ele foi draftado pelo New England Patriots na sétima rodada do Draft 2005 da NFL. Ele jogou futebol americano universitário pelo USC Trojans.

Cassel se tornou o quarterback titular nos Patriots na semana 3 da temporada de 2008, quando substituil o atual MVP da liga, Tom Brady, que havia sofrido uma lesão que o tirou da temporada. De acordo com a ESPN, ele foi o único quarterback na história da NFL a começar um jogo como titular sem ter se quer sido titular na faculdade. Em fevereiro de 2009, os Patriots colocaram uma franchise tag em Cassel, estendendo seu contrato por mais uma ano valendo US$14 milhões de dólares, o maior contrato de um ano só na história da NFL.[2] Mas ao final de 2009, o Carolina Panthers também colocou um franchise tag em Julius Peppers, que exigia um salário superior a US$16 milhões de dólares. Mais tarde naquela offseason, os Patriots fizeram uma troca mandando Cassel para o Kansas City Chiefs,[3] que lhe deu um contrato de 6 anos no valor de US$62.7 milhões de dolares em julho de 2009.[4]

Em 14 de março de 2013, os Chiefs anunciaram que estavam oficialmente dispensando Cassel.[5] No mesmo dia, ele assinou um contrato com o Minnesota Vikings.[6] Em 2015, Matt foi trocado e mandado para os Buffalo Bills.[7]

Em 22 de setembro de 2015, Cassel foi enviado para o Dallas Cowboys, após a contusão de Tony Romo, mas foi dispensado no ano seguinte.[8] Em 2017, jogou pelo Tennessee Titans.[1]

Números da carreira[editar | editar código-fonte]

Ano Passando a bola Correndo com a bola
Time J JT V D Ten Comp Jardas TD Int Rating Ten Jardas Média TD
2005 NE 2 0 0 0 24 13 183 2 1 89,4 6 12 2,0 0
2006 NE 6 0 0 0 8 5 32 0 0 70,8 2 4 2,0 0
2007 NE 6 0 0 0 7 4 38 0 1 32,7 4 12 3,0 1
2008 NE 16 15 10 5 516 327 3 693 21 11 89.4 73 270 3,7 2
2009 KC 15 15 4 11 493 271 2 924 16 16 69,9 50 189 3,8 0
2010 KC 15 15 10 5 450 262 3 116 27 7 93,0 33 125 3,8 0
2011 KC 9 9 4 5 269 160 1 713 10 9 76,6 25 99 4 0
2012 KC 9 8 1 7 277 161 1 796 6 12 66,7 27 145 5,4 1
2013 MIN 9 6 3 3 254 153 1 807 11 9 81,6 18 57 3,2 1
2014 MIN 3 3 1 2 71 41 425 3 4 65,8 9 18 2,0 0
2015 BUF 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0,0 0 0 0,0 0
DAL 8 7 1 6 119 204 1 276 5 7 70,6 15 78 5,2 0
2016 TEN 4 1 1 0 30 51 284 2 2 71,0 4 3 0,8 0
2017 TEN 2 1 0 1 25 42 162 1 2 55,9 0 0 0 0
Total 106 81 36 45 1 571 2 666 17 449 104 81 78,8 266 1 012 3,8 5

Referências

  1. a b "Titans Plan to Release Cassel, Searcy, Weems"
  2. Cassel deverá ficar em New England
  3. King, Peter (28 de fevereiro de 2009). «Chiefs completam troca por Cassel». Sports Illustrated. Consultado em 20 de dezembro de 2010 
  4. John Clayton. «Chiefs lock up Cassel». ESPN.com. Consultado em 15 de julho de 2009 
  5. «Matt Cassel released by Kansas City Chiefs then,». NFL.com. Consultado em 7 de maio de 2013 
  6. «Matt Cassel agrees to Minnesota Vikings contract». NFL.com. Consultado em 7 de maio de 2013 
  7. «Bills officially acquire QB Cassel from Vikings in trade». BuffaloBills.com. 11 de março de 2015 
  8. «Cowboys trade for bills qb Matt Cassel». NFL.com. Consultado em 22 de setembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]