Mercês (Curitiba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mercês
Subprefeitura Matriz
Área 3,28 km²
População 14.089 hab.
Densidade 43,01 hab/km²
Bairros Limítrofes Bigorrilho, Bom Retiro, Cascatinha, Centro, São Francisco e Vista Alegre.
Principais Vias Avenida Manoel Ribas
Avenida Cândido Hartmann
Rua Júlia Wanderley
Rua Alcides Munhoz
Rua Jacarezinho
Rua Desembargador Vieira Cavalcanti
Rua Fernando Simas
Rua Padre Agostinho
Rua Marcelino Champagnat
Rua Mamoré
Rua Solimões
Rua Júlio Perneta
Rua Dr. Roberto Barroso
Rua Tenente João Gomes da Silva
Rua Brigadeiro Franco
Rua Desembargador Motta
Rua Visconde do Rio Branco
Alameda Presidente Taunay
Alameda Prudente de Moraes />Rua Joseph Pereira Quevedo<
Pontos de referência Torre das Mercês
RPC Curitiba
Universidade Tuiuti do Paraná
Hospital Nossa Senhora das Graças
Igreja das Mercês
Portal de Santa Felicidade
E-Paraná
Sede da Pastoral da Criança
Praça 29 de Março
Casa de Cristiano Osternack

Mercês é um bairro da cidade brasileira de Curitiba, Paraná, pertencente à regional da Matriz[1] e onde se localiza a Torre da Telepar com o seu mirante, um dos pontos turísticos do bairro.

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Mercês é uma palavra originária do latim e significa graça, benefício ou proteção. A escolha desta palavra para ser o nome do bairro vem da religiosidade de seus moradores. No século passado seus habitantes faziam procissões em devoção à Nossa Senhora das Mercês. No século XVIII o lugar era denominado de Quateirão das Mercês ou Quateirão da Senhora das Mercês, mas também abrangia parte do que hoje são os bairros Vista Alegre e Bigorrilho.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1920, chegaram ao bairro os frades capuchinos Frei Ricardo e Frei Timóteo, procedentes de Veneza, Itália. Com a chegada dos frades capuchinos a devoção à Nossa Senhora da Mercês aumentou. Em 28 de junho de 1926 começou a construção da Igreja das Mercês, terminada em 1929.

Patrimônios históricos[editar | editar código-fonte]

No bairro Mercês esta localizado um dos patrimônios históricos da Paraná, que é a Casa de Cristiano Osternack[2][3].

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Dados (2000) Mercês, Fonte [4] Cidade de Curitiba
Área verde (m²) 599.979,24 77.786.020,60
Área verde por habitante (m²) 42,58 49,00
Domicílios 4.841 479.341
Habitantes por domicílios 2,91 3,31
Idade média da população (anos) 37,10 29,87
População (homens) 6.315 760.854
População (mulheres) 7.774 826.467
Renda média (salários mínimos) 19,39 9,48

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mercês - Página oficial
  2. Casa onde morou Cristiano Osternack - Casa das Mercês - Processo de Tombamento Outras denominações Casa Antiga das Mercês - Casa da Rua Solimões Site Secretaria da Cultura do Estado do Paraná — acessado em 15 de fevereiro de 2013
  3. Casa de Cristiano Osternack Edificação construída pelo imigrante Cristiano Osternack Site da Secretária da Cultura do Estado do Paraná - Livro Espirais do Tempo — acessado em 28 de fevereiro de 2013
  4. Dados do Bairro