Miss USA 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Data 2 de Março de 2002
Apresentadores Deion Sanders, Ali Landry
Local Genesis Convention Center, Gary, Indiana
Semifinalistas 12
Vencedora Shauntay Hinton

A 51ª edição do concurso Miss USA foi realizada no dia 2 de março de 2002, em Gary, Indiana. O evento foi vencido por Shauntay Hinton, do Distrito de Columbia, coroada pela antecessora Kandace Krueger, do Texas.

Hinton foi a primeira afro-americana a vencer o concurso desde que Chelsi Smith foi eleita Miss USA em 1995. Também foi a primeira vencedora do Distrito de Columbia desde 1964.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Classificações[editar | editar código-fonte]

Mapa mostrando as classificações por Estado
Resultados finais Candidata
Miss USA 2002
2ª colocada
3ª colocada
4ª colocada
5ª colocada
Top 12

Premiações especiais[editar | editar código-fonte]

  • Miss Simpatia: Meredith McCannell (Montana)
  • Miss Fotogenia: Shannon Ford (Flórida)
  • Melhor em Trajes de Banho: Lanore VanBuren (Minnesota)

Notas finais de avaliação[editar | editar código-fonte]

Candidatas[editar | editar código-fonte]

Importância histórica[editar | editar código-fonte]

  • Esta foi a primeira vitória para o Distrito de Columbia em 38 anos, desde que Bobbie Johnson venceu Miss USA 1964.
  • Kansas igualou sua melhor classificação no Miss USA desde 1996.
  • Indiana teve sua melhor classificação desde 1981.
  • Minnesota teve sua melhor classificação desde 1977.
  • Connecticut classificou-se pela primeira vez desde 1969 e teve sua melhor colocação desde 1966.
  • Esta é a primeira vez na história do concurso em que quatro candidatas no Top 5 eram Afro-Americanas.
  • Este é o segundo ano consecutivo e a terceira vez desde 1995 que uma candidata estadual do Miss Teen USA não vence ou herda o título de Miss USA.
  • Duas vencedoras da Tríplice Coroa, mulheres que levaram títulos locais do Miss Teen USA, Miss USA e Miss America, estavam no concurso.

Controvérsia dos Trajes de Banho[editar | editar código-fonte]

A controvérsia dos trajes de banho veio a público na competição final. Seis das 51 candidatas estavam em um maiô vermelho, enquanto o resto escolheu modelos de duas peças. O The New York Post informou que uma candidata, Tarah Marie Peters, da Califórnia, teve pontos cortados por um jurado por ter escolhido um maiô de uma peça, o que resultou em sua eliminação do quadro de cinco finalistas. Ela foi a única candidata do top 12 a escolher essa opção.[2]

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Dez candidatas participaram de edições anteriores dos concursos Miss Teen USA ou Miss América, incluindo as duas vencedoras da Tríplice Coroa que competiram em ambos. Uma candidata venceria depois uma etapa estadual do Miss América.

Candidatas que tiveram um título estadual anterior de Miss Teen USA foram:

Candidatas que tiveram um título estadual anterior ou posterior de Miss América foram:

Candidata que participou depois de outro concurso foi:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Forma adoptada pela Porto Editora, fabricante de dicionários». Porto Editora. Consultado em 14 de julho de 2009 
  2. «The Insiders: The Post takes you behind the locker-room doors». New York Post. 14 de abril de 2002. p. 90. Consultado em 11 de janeiro de 2007 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]