Modo real

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Translation arrow.svg
Este artigo foi traduzido de uma versão noutra língua (versão original). Você pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções.

Modo Real (também conhecido como Real Mode ou simplesmente RMode) é um modo operacional dos processadores compatíveis com x86 da série 80286 e posteriores, caracterizado por um espaço de endereçamento de memória segmentada de apenas 16 bit (o que implica que apenas 1 MB de memória pode ser endereçado), acesso directo às rotinas da BIOS e ao hardware periférico, e sem noção de proteção de memória ou multitarefa ao nível do hardware. Qualquer CPU da série 80286 ou posterior inicia-se em modo real no arranque (power-on); Os processadores das séries anteriores apenas conheciam um modo operacional, que é o equivalente ao modo real nos sucessores.

A arquitectura 286 introduziu o modo protegido, possibilitando (entre outras coisas) protecção de memória ao nível do hardware. No entanto, a utilização das novas potencialidades requeriam instruções extra, que não eram necessárias anteriormente. Dado que a especificação inicial dos microprocessadores x86 obrigava a manter a compatabilidade com o software escrito para os processadores x86 anteriores, esta classe iniciava-se também em 'modo real' — isto é, num modo cujas novas funcionalidades estavam desligadas, para suportar o software escrito para processadores mais antigos. Até à data, até os mais recentes CPUs se iniciam em modo real no arranque, e podem suportar software escrito para qualquer processador anterior.

Os sistemas operativos DOS (MS-DOS, DR-DOS, etc.) operavam em modo real. As primeiras versões de Microsoft Windows (que consistiam em interfaces gráficas executadas sobre DOS, e não sistemas operativos própriamente ditos) corriam em modo real, até à versão do Windows 3.0, que podia ser executada em ambos modos. De facto, o Windows 3.0 podia correr em duas "variantes" de modo protegido — "modo standard", que corria em modo protegido, e num "modo 386" (386-enhanced mode), que podia usufruir do endereçamento de 32 bit e, portanto, não corria em 286 (apesar de suportar o modo protegido, o 286 ainda era a 16 bit; os registos de 32 bit apenas foram introduzidos na série 386). O Windows 3.1 deixou por completo o suporte para o Modo Real, e foi o primeiro ambiente de trabalho de grande comercialização que requeria como mínimo um processador 80286 (excluindo o Windows/286 que não foi de grande comercialização). Praticamente todos os sistemas operativos x86 modernos (Linux, Windows 95 e posteriores, OS/2, etc.) transitam o CPU para modo protegido aquando do arranque.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.