Mr. Bad Guy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mr. Bad Guy
Álbum de estúdio de Freddie Mercury
Lançamento 29 de abril de 1985
Gravação 1984 - 1985; Musicland Studios, Munique
Gênero(s) Pop, Rock, Disco music
Duração 40:41
Formato(s) LP e CD
Gravadora(s) CBS Records
Produção Reinhold Mack e Freddie Mercury
Cronologia de Freddie Mercury
Barcelona
(1988)
Singles de Mr. Bad Guy
  1. "I Was Born To Love You"
    Lançamento: 8 de Abril de 1985.
  2. "Made In Heaven"
    Lançamento: 1 de Julho de 1985.
  3. "Living On My Own"
    Lançamento: 2 de Setembro de 1985.
  4. "Love Me Like There's No Tomorrow"
    Lançamento: 18 de Novembro de 1985.
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4.5 de 5 estrelas.[1]
Rolling Stone (positive)[2]

Mr. Bad Guy é o álbum de estreia a solo do cantor e compositor britânico Freddie Mercury. Lançado em 1985, durante um período de hiato nas gravações do Queen, o álbum contém onze músicas, todas escritas por ele.

Mercury usou influências da disco music e da dance music para o álbum; isso contrastava com o trabalho tipicamente orientado para o rock do Queen. O álbum levou quase dois anos para ser gravado, já que Mercury teve que reunir material suficiente enquanto se comprometia com as atividades da banda.[2] Inicialmente, o álbum deveria apresentar duetos com Mercury e Michael Jackson. Eles gravaram "There Must Be More to Life Than This", mas Mercury desistiu de qualquer colaboração posterior depois de se sentir desconfortável ao trabalhar com a lhama de estimação de Jackson no estúdio,[3] embora Jackson tenha ficado chateado com o uso de drogas por Mercury.[4] A gravação estava sobrecarregando Mercury, pois ele participava de tudo, desde a execução das trilhas até a engenharia de som para obter o efeito desejado. Mercury usou sintetizadores e orquestração no desenvolvimento das músicas, aumentando a diversidade em cada peça.[5][6]

A música "Living On My Own" foi relançada em 1993 numa forma remixada por No More Brothers, enquanto "I Was Born To Love You" e "Made In Heaven" foram retrabalhadas pelos três membros remanescentes do Queen e incluídas no álbum póstumo do Queen chamado Made In Heaven, lançado em 1995. Esse álbum originalmente se chamaria Made In Heaven.

No encarte do álbum, Freddie dedica o disco aos seus gatos de estimação e também à todos os amantes de gatos do mundo. ("Este álbum é dedicado à meu gato de estimação Jerry - e também Tom, Oscar e Tiffany, e a todos os amantes de gatos ao redor do universo").[7]

Pela primeira vez o álbum foi totalmente remasterizado e reeditado, e posteriormente relançado em 11 de outubro de 2019, em CD, vinil, digital e streaming.[8]

Lista de músicas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções compostas por Freddie Mercury.

Lado 1
Título Duração
1. "Let's Turn It On"   3:42
2. "Made In Heaven"   4:05
3. "I Was Born To Love You"   3:38
4. "Foolin' Around"   3:29
5. "Your Kind Of Lover"   3:32
Lado 2
Título Duração
6. "Mr. Bad Guy"   4:09
7. "Man Made Paradise"   4:08
8. "There Must Be More to Life Than This"   3:00
9. "Living On My Own"   3:23
10. "My Love Is Dangerous"   3:42
11. "Love Me Like There's No Tomorrow"   3:46

Créditos[editar | editar código-fonte]

Desempenho nas Paradas Musicais[editar | editar código-fonte]

Região Paradas Musicais
Desempenho Semanas
 Austrália[10] 38 10
 Áustria 23 4
 Estados Unidos 159 7
 Japão 20 21
 Países Baixos 20 11
 Reino Unido 6 23
Suíça 14 6

Referências

  1. Rivadavia, Eduardo. [[[:Predefinição:AllMusic]] «Mr. Bad Guy - Freddie Mercury»] Verifique valor |url= (ajuda). AllMusic. Consultado em 3 de agosto de 2011 
  2. a b Holmes, Tim. «Mr Bad Guy - Rolling Stone (Issue 450)». Queen Archives. Consultado em 2 de janeiro de 2013 
  3. «Freddie Mercury: The Great Pretender - Documentary» 
  4. «The real Freddie Mercury: why the Queen biopic only tells part of the story». The Times. 19 de outubro de 2018. Consultado em 30 de outubro de 2018 
  5. «Queen: Days of Our Lives - Documentary» 
  6. «Michael Jackson and Freddie Mercury». inquistr.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 
  7. natureofanimals.com/ Arquivado em 8 de setembro de 2012, no Wayback Machine. Freddie Mercury Cats
  8. https://www.billboard.com/articles/columns/rock/8529162/freddie-mercury-never-boring-box-set
  9. «Freddie Mercury - Mr. Bad Guy» 
  10. Kent, David (1993). Australian Chart Book 1970–1992. St Ives, NSW: Australian Chart Book. ISBN 0-646-11917-6 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Freddie Mercury é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.