Musō shinden-ryū

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Musō shinden ryū é uma escola de iaido, uma arte marcial japonesa. Foi fundada por Hakudo Nakayama (1873-1958), sendo atualmente um dos estilos mais praticados.

Fundador[editar | editar código-fonte]

Hakudo Nakayama viveu no início do século passado e estudou os estilos Oomori-ryū, Maraku-ryū e Musō Jikiken Eishin-ryū, além de ter praticado muitos aspectos da esgrima.

É considerado um gênio da esgrima japonesa. Hakudo Nakayama foi o 16º. e o último sucessor indiscutível da linha Jinsuke/Eishin. Ele também estudou Shintō Munen-ryū e Yamaguchi Ittō-ryū.

Originalmente, então, o nome da escola de Iai fundada por Hakudo Nakayama era musō shinden ryū batto-jutsu, tratando-se assim, de uma escola clássica de esgrima.

Devido a sua diversificada experiência em técnicas de esgrima, seu estilo, inicialmente, ostentou um desorientador arranjo de técnicas. Então ele desenvolveu um currículo estruturado dividido em shoden (curso primário), chuden (curso intermediário) e okuden (curso superior) e franqueou as técnicas a todas as pessoas interessadas, pois antes só pessoas altamente recomendadas poderiam estudar seu estilo.

As formas de iai-jutsu/batto-jutsu, assim com em outras escolas, foram gradualmente remodelando-se como iaidō no final dos anos 1940.

Atualmente, denomina-se musō shinden ryū iai, e por estar disponível à qualquer pessoa interessada é muito difundida mundialmente.

Katas[editar | editar código-fonte]

Shoden[editar | editar código-fonte]

Derivados do omori-ryū.

  1. Ippon-Me - Shohatto
  2. Nihon-Me - Sato
  3. Sanbon-Me - Uto
  4. Yonhon-Me - Atarito
  5. Gohon-Me - Inyoshintai
  6. Roppon-Me - Ryuto
  7. Nanahon-Me - Junto (kaishaku)
  8. Hachihon-Me - Gyakuto
  9. Kyuhon-Me - Seichuto
  10. Juppon-Me - Koranto
  11. Juichihon-Me - Nukiuchi (batto)
  12. Juunihon-Me - Inyoshintai kaewaza

Chuden[editar | editar código-fonte]

Derivados do Hasegawa Eishin-ryū.

  1. Ippon-Me - Yokogumo
  2. Nihon-Me - Toraissoku
  3. Sanbon-Me - Inazuma
  4. Yonhon-Me - Ukigumo
  5. Gohon-Me - Yamaoroshi (oroshi)
  6. Roppon-Me - Iwanami
  7. Nanahon-Me - Urokogaeshi
  8. Hachihon-Me - Namigaeshi
  9. Kyuhon-Me - Takiotoshi
  10. Juppon-Me - Nukiuchi

Okuden[editar | editar código-fonte]

Tate Hiza no Bu

  1. Ippon-Me - Kasumi
  2. Nihon-Me - Sunegakoi
  3. Sanbon-Me - Shiho giri
  4. Yonhon-Me - Tozume
  5. Gohon-Me - Towaki
  6. Roppon-Me - Tana shita
  7. Nanahon-Me - Ryozume
  8. Hachihon-Me - Tora bashiri

Okuiai[editar | editar código-fonte]

Tachi no Bu

  1. Ippon-Me - Yukitsure
  2. Nihon-Me - Rendatsu (tsuredachi)
  3. Sanbon-Me - Somakuri
  4. Yonhon-Me - Sodome
  5. Gohon-Me - Shinobu
  6. Roppon-Me - Yukichigai
  7. Nanahon-Me - Sodesurigaeshi
  8. Hachihon-Me - Moniri
  9. Kyuhon-Me - Kabezoi
  10. Juppon-Me - Uke nagashi

Itomagoi[editar | editar código-fonte]

Seiza no Bu.

  1. Ippon-Me - Ichi itomagoi
  2. Nihon-Me - Ni itomagoi
  3. Sanbon-Me - San itomagoi

O estilo no Brasil[editar | editar código-fonte]

O musō shinden-ryū é amplamente praticado no Japão e no Ocidente. No Brasil existem diversos grupos na prática do estilo.

Nos Dojos filiados à Confederação Brasileira de Kendo o estilo é ensinado desde 2003 pelo Sensei Toshihiko Tsutsumi (6º Dan Renshi em Iaidô e 5º Dan em Kendô). Tsutsumi Sensei foi o mais jovem 6º Dan de Iaidô no Japão, tendo sido discípulo direto de Hakuo Sagawa Sensei (9° Dan Hanshi Iaido e 8º Dan Kyoshi Kendo e discípulo direto de Hakudo Nakayama).

No Instituto Niten é ensinado, por Jorge Kishikawa, discípulo direto de Kaminoda Tsunemori (8° Dan Hanshi Iaidô),[1].

Referências

  1. Instituto Niten. «Sensei Kaminoda Tsunemori» (html). Consultado em 12 de dezembro de 2007. Kaminoda Tsunemori 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]