Northrop YF-17 Cobra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2013). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou seção foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo, expandindo-o. Mais informações podem ser encontradas no artigo «Northrop YF-17» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (janeiro de 2016)
YF-17 "Cobra"
Caça
Descrição
Tipo / Missão Protótipo de caça
País de origem  Estados Unidos
Fabricante Northrop Corporation
Período de produção 1974
Quantidade produzida 2
Desenvolvido em McDonnell Douglas F/A-18 Hornet
Primeiro voo em 9 de junho de 1974 (45 anos)
Tripulação 1
Especificações (Modelo: YF-17A)
Dimensões
Comprimento 17 m (55,8 ft)
Envergadura 10,5 m (34,4 ft)
Altura m (16,4 ft)
Área das asas 32  (344 ft²)
Alongamento 3.4
Peso(s)
Peso vazio 7 800 kg (17 200 lb)
Peso carregado 10 430 kg (23 000 lb)
Peso máx. de decolagem 15 580 kg (34 300 lb)
Propulsão
Motor(es) 2 x turbofans de pós-combustão General Electric YJ101-100
Força de empuxo (por motor) 6 700 kgf (65 700 N)
Performance
Velocidade máx. em Mach 1,95 Ma
Alcance (MTOW) 4 810 km (2 990 mi)
Teto máximo 15 000 m (49 200 ft)
Razão de subida 250 m/s
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x canhão M61 Vulcan de 20 mm (0,787 in)
Mísseis 2 x AIM-9 Sidewinder

YF-17 Cobra foi um protótipo de avião da Northrop.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Foi criado para competir pelo novo programa de obtenção de "caças leves" da USAF e USN, a Northrop se baseou no seu F-5e perdeu para o YF-16 (F-16) da na altura, General Dynamics.

Percebeu-se que o novo avião, apesar de altamente reconhecido pela Força Aérea, não era o melhor nem o mais indicado para operações a partir de porta-aviões, aos olhos da Marinha era necessário o desenvolvimento de uma nova aeronave.

O YF-17 acabou sendo reaproveitado para o desenvolvimento do novo avião da Marinha, o F-18 Hornet (actualmente um projecto da Boeing), que foram bons o suficiente para substituir o F-14 Tomcat ,algo que não era esperado por muitos devido ao alto desempenho do Tomcat. Foram produzidos mais de 1400 aviões na versão Hornet A/B/C e D, alguns ainda em operação.

Actualmente o F-18 Hornet encontra-se quase que praticamente substituído pelo mais novo mas semelhante F-18 Super Hornet.

Quanto ao rival inicial, mais de 4500 aviões F-16 já foram produzidos nas diferentes versões e "Tranches"/Block´s do avião. Tanto o F-18 Super Hornet da Boeing como o F-16 Fighting Falcon da Lockeed Martin deverão ter as suas linhas de montagem abertas durante mais alguns anos mas é esperado que sejam ambos substituídos pelo mesmo avião, o F-35 Lightning II/JSF Joint Srike Fighter que conta já com 290 aeronaves produzidas, tanto para os Estados Unidos como para aliados.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Os protótipos estão atualmente aposentados em exposição em dois museus.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Artigos relacionados:
Desenvolvimento: F-5
Equivalência:
Série: F-15 - F-16 - F-14 - YF-17 - F-18 - F-22 - YF-23
Listas relacionadas: Lista de aviões
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.