Nova Acrópole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Organização Internacional Nova Acrópole
Tipo Organização Não Governamental
Fundação Buenos Aires, na Argentina, em 15 de julho de 1957 (62 anos)
Sede Bruxelas, na  Bélgica
Diretora Internacional Delia Steinberg Guzmán Argentina Espanha
Sítio oficial www.nova-acropole.org.br

Nova Acrópole (NA; nome oficial: Organización Internacional Nueva Acrópolis "OINA" - Organisation Internationale Nouvelle Acropole, association internationale sans but lucratif) é uma organização sem fins lucrativos presente em todo o mundo fundada em 1957 por Jorge Ángel Livraga Rizzi (falecido em 1991)[1] primeiro como uma escola de filosofia e mais tarde como uma organização internacional dedicada a estudos filosóficos e suas práticas. A organização está firmada na existência de uma filosofia universal, que estaria por trás de todas as religiões e movimentos esotéricos. Está registrada na Bélgica como uma organização internacional desde 1990, número 3/12-941/S.[2][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada por Jorge Ángel Livraga Rizzi na Argentina em 1957 entre estudantes universitários e do secundário, com a provável colaboração de sua companheira Ada Dolores Albrecht. A partir da década de 1970, com o reconhecimento da associação como uma fundação de entidade pública pelas autoridades argentinas, começa a se espalhar por vários países da América do Sul, e em 1972 chegou a Europa. Em 1981 Ada Albrecht deixou a organização e fundou a Asociación Mundial Hastinapura.

Organização[editar | editar código-fonte]

Vista exterior do Solar Palmeiro, que atualmente abriga a Nova Acrópole Porto Alegre.

As 35 organizações nacionais da Nova Acrópole se agrupam na Organização Internacional Nova Acrópole (OINA), que ten a súa sede en Bruxelas. A atual diretora internacional é Delia Steinberg Guzmán e segundo dados da organização há 10.000 membros ativos em todo o mundo. Presente na Espanha desde 1972, na Galiza mantén sedes na Corunha e em Vigo.

Princípios Institucionais[editar | editar código-fonte]

Busto de Giordano Bruno na Avenida Bolivariana em Medelim, Colômbia.

Seus princípios institucionais visam:

  1. Promover um Ideal de fraternidade internacional baseado no respeito à dignidade humana, mais além das diferenças raciais, de sexo, culturais, religiosas, sociais, etc.[5]
  2. Fomentar o amor à sabedoria por meio do estudo comparado de filosofias, religiões, ciências e artes, para promover o conhecimento do ser humano, das leis da Natureza e do Universo.
  3. Desenvolver o melhor do potencial humano, promovendo a realização do ser humano como indivíduo e sua integração na sociedade e na natureza, como elemento ativo e consciente para melhorar o mundo.

Além dos cursos regulares de filosofia, aulas e workshops, a organização também está envolvida em atividades sociais e filantrópicas,[6] como campanhas de arrecadação de alimentos, workshops de arte, limpeza de monumentos e parques,[7] e também em resgate de desabrigados.[8]


Referências[editar | editar código-fonte]

Links Externos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nova Acrópole

Links Institucionais[editar | editar código-fonte]