Omelete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Omelete
Omelete, em prato ornamentado.
Origem
País  França
Detalhes
Tipo Omelete
Ingrediente(s) principal(is) ovo

A omelete, omolete ou omeleta (do francês omelette)[1] é um alimento feito de ovos batidos com manteiga ou óleo, geralmente com outros ingredientes como queijo, presunto, legumes ou mesmo combinações destes. Para obter uma textura fofa, os ovos são frequentemente batidos com uma pequena quantidade de leite, natas ou mesmo água, o que leva à formação de bolhas de vapor durante a fritura do ovo. Tradicionalmente, omeletes são dobradas antes de a parte de cima estar completamente frita. Também é correto o uso da palavra omelete com artigos masculinos: o omelete, um omelete[2] .

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a omolete surgiu na antiga Pérsia. Ovos batidos eram misturados com ervas picadas, fritos até ficarem firmes, e depois cortados em pedaços, para formar um prato conhecido como 'kookoo'. Acredita-se que tal receita alcançou a Europa através do Médio Oriente e da África do Norte, onde sofreu adaptações e originou a frittata italiana, a tortilla espanhola e a omelette francesa.

Na França, sua criação é atribuída a Annette Poulard, em 1888, no Monte Saint-Michel, na Normandia. Ela elaborou uma refeição nutritiva e fácil de preparar para os famintos peregrinos que chegavam ao Santuário de São Miguel. Hoje, na entrada do local, existe o restaurante Mére Poulard.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

A maior omelete do mundo foi cozinhada durante 6 horas por uma equipa de 55 pessoas, liderada por Pedro Mendes, em Ferreira do Zêzere, Portugal no dia 11 de Agosto de 2012. Foram necessários 145 mil ovos e pesava 6.466 quilos.[3]

Notas

Ver também[editar | editar código-fonte]