Ozeias de Paula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2018) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ozeias de Paula
Informação geral
Nome completo Ozeias Moura de Paula
Nascimento 23 de abril de 1951 (67 anos)
Origem Muriaé, MG
País  Brasil
Gênero(s) Música cristã, Música Sacra, MPB
Instrumento(s) Violão, Guitarra
Extensão vocal Tenor
Gravadora(s) Doce Harmonia (1971, 1975)
Estrela da Manhã (1972-1973)
Line Records (1992-1993)
Desperta Brasil (1976-1977)
RDE (1978)
Bandeira Branca (1974-1981)
Rocha Eterna (1979-1980)
Louvores do Coração (1981)
JUERP (1982)
Estrela de Belém (1986)
Polygram (1983-1985, 1987-1991)
Franc Records (2000-2001)
Gravadora Independente (1998-2000, 2002-Atualmente)
Afiliação(ões) Feliciano Amaral, Otoniel e Oziel, Josely Scarabelli, Luiz de Carvalho, Edison e Telma, Victorino Silva, Álvaro Tito, Armando Filho
Influenciado(s) Álvaro Tito, Sérgio Lopes

Ozeias Moura de Paula (Muriaé, 23 de abril de 1951) é um cantor e compositor brasileiro, do segmento evangélico. É reconhecido como um dos maiores intérpretes da música evangélica no Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ozeias de Paula nasceu no dia 23 de abril de 1951 na cidade de Muriaé, Minas Gerais. É filho do pastor Antônio de Paula e irmão mais novo da conhecida e saudosa dupla Otoniel e Oziel. Também é tio do Pastor Otoni de Paula Júnior, vereador da cidade do Rio de Janeiro.

O contato de Ozeias com a música começou em sua infância, sendo antecedido por seus irmãos. Sua carreira profissional começou em 1969 quando Otoniel e Oziel o convidaram para uma participação em um dos discos deles, Oásis do Amor.

Depois disso Ozeias começou a cantar em igrejas, congressos, e outros eventos evangélicos, até que em 1971 gravou seu LP solo, intitulado Gozo da Salvação.

Pouco tempo depois de gravar este LP, Ozeias foi convidado por Matheus Iensen, proprietário da gravadora "Estrela da Manhã", a gravar com ele. O resultado foi o seu mais aclamado álbum, "Cem Ovelhas", gravado em Curitiba. Mas antes do lançamento do disco em 4 de junho de 1973, Ozeias sofreu um grave acidente automobilístico em uma viagem de Curitiba para o Rio de Janeiro. Ozeias teve as pernas quebradas, o crânio fraturado, além de outros danos. Passou cerca de 9 meses em recuperação, no hospital e em casa. Depois disso então o disco Cem Ovelhas foi lançado, atingindo altos índices de venda[1].

No decorrer de sua carreira, Ozeias de Paula passou por diversas gravadoras e está em atividade até hoje.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano de Lançamento Título Gravadora
1971 Gozo da Salvação Doce Harmonia
1973 Cem Ovelhas Estrela da Manhã
1974 Sou a Triste Ovelha Bandeira Branca
1975 Canto Aleluia Doce Harmonia
1976 Depois da Chuva Bandeira Branca
1976 Ozeias e a Harpa Desperta Brasil
1977 Entrei no Templo Bandeira Branca
1977 Paz na Terra Bandeira Branca
1978 Dependo de Jesus Bandeira Branca
1978 Jóia Infinita RDE
1979 Deus Sabe o Que Faz Rocha Eterna
1979 O Amor é Tudo Bandeira Branca
1980 Quando Voltares Bandeira Branca
1981 De Braços Abertos Bandeira Branca
1981 Devo Ser Louvores do Coração
1982 Viva com Deus JUERP
1983 Tens Barclay/Polygram - Selo Evangélico
1984 Minha Alegria Barclay/Polygram - Selo Evangélico
1986 Paz e Comunhão Estrela de Belém
1987 Com Amor Barclay/Polygram - Selo Evangélico
1992 Mais Que Vencedor Line Records
1998 Ao Vivo na Paraíba Independente
1999 Louvores Inesquecíveis Vol. 1 Independente
2000 Louvores Inesquecíveis Vol. 2 Independente
2001 Confidências Franc Records
2002 Louvores Inesquecíveis de Otoniel e Oziel (com Otoni de Paula) Independente
2003 Louvores Inesquecíveis Vol. 3 Independente
2010 Instrumento Independente

Referências

  1. «Ozéias de Paula». O Nortão. 2 de agosto de 2013. Consultado em 23 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]