Paraíso do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Paraíso.
Paraíso do Norte
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Paraíso do Norte
Bandeira
Hino
Lema Scientia et labor
"Conhecimento e trabalho"
Gentílico norte-paraisense
Localização
Localização de Paraíso do Norte no Paraná
Localização de Paraíso do Norte no Paraná
Mapa de Paraíso do Norte
Coordenadas 23° 16' 51" S 52° 36' 07" O
País Brasil
Unidade federativa Paraná
Municípios limítrofes Guaporema, Mirador, Nova Aliança do Ivaí, Rondon, São Carlos do Ivaí, São Manoel do Paraná, Tamboara.
Distância até a capital 527[1] km
História
Fundação 1950 (70 anos)
Aniversário 12 de março
Administração
Prefeito(a) Laercio de Freitas (PT, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [2] 204,565 km²
População total (Censo IBGE/2010[3]) 11 781 hab.
Densidade 57,6 hab./km²
Clima subtropical úmido
Altitude 500 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [4]) 0,763 alto
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 89 990,160 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 7 663,30

Paraíso do Norte é um município brasileiro do estado do Paraná. Localizado na região noroeste do estado, sua população foi estimada 11.781 habitantes, conforme dados do IBGE de 2010.

História[editar | editar código-fonte]

A colonizadora Companhia de Melhoramentos do Norte do Paraná iniciou a exploração comercial das glebas onde hoje esta localizado a cidade. Em 1943, iniciou-se a demarcação dos lotes, ocorrendo grande procura por colonizadores de várias partes do país.

A partir de 1950, Leôncio de Oliveira Cunha, que até então era funcionário do governo estadual, deixou o seu cargo e passou a colonizar por conta própria. Em 12 de março de 1950, foi fundado Paraíso do Norte, com a inauguração da primeira escolinha, a qual nomearam Manuel Ribas. Neste mesmo dia foi rezada a primeira missa, com o Bispo D. Geraldo de Paulo Sigoto, único Bispado da Região.

As terras pertenciam ao município e comarca de Mandaguari,mas passou a ser distrito de Paranavaí, quando este foi elevada a município. Desta forma, foi criada uma sub-prefeitura e nomeado como administrador, Roque Soares Camargo. A localidade contava com dois vereadores da câmara de Paranavaí: Dr. Bernardo Brunstein e o Sr. Alcides Franco de Godoy.

Em 2 de Dezembro de 1954, Paraíso do Norte foi elevada a categoria de Município. No dia 27 de Novembro de 1955 foi instalada a primeira câmara de vereadores, e empossado Pedro Stocchero como primeiro prefeito que venceu as eleições contra o Sr. José Furtado Rezende.

Em 29 de Dezembro de 1962, foi instalada a Comarca de Paraíso do Norte. Sendo o 1º primeiro titular, Camilo de Andrade Nepouceno.

Etnias[editar | editar código-fonte]

É formada basicamente por descendentes italianos, alemães e japoneses, vindos principalmente de São Paulo e também do Rio Grande Do Sul, além de outras regiões do Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Nordeste.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Com uma area da territorial de 205 km², Paraíso do Norte está localizado a uma altitude média de 500 metros. A topografia da cidade está entre plana e ligeiramente ondulada.

Clima[editar | editar código-fonte]

Em função da baixa maritimidade do município, o mesmo está sujeito a temperaturas extremamente elevadas no verão, principalmente no mês de janeiro, com máximas que se aproximam dos 40 °C e a temperaturas baixíssimas no inverno, chegando todos os anos por alguns dias a valores próximos a -5 °C. Os verões tendem a ser quentes e com chuvas bem distribuídas e os invernos são frescos, geralmente marcados por veranicos, dias de calor em pleno inverno que são intercalados por, aí sim, dias de frio intenso. A temperatura média está em torno de 20 °C.

Economia[editar | editar código-fonte]

O declínio do ciclo do café no município de Paraíso do Norte deu-se pela geada generalizada no Paraná ocorrida no ano de 1975, que trouxe prejuízos enormes aos cafeicultores da região. A cidade, que possuía cerca de 20.000 habitantes, dos quais cerca de 15.000 envolviam-se com as as lavouras de café, declinou no quesito população para cerca de 8.000 habitantes no fim dos anos 70.

No entanto, em 1979, foi criada a Cooperativa Agrícola Regional de Produtores de Cana Ltda. (Coopcana). Esta Destilaria, está situada no Município de São Carlos do Ivaí, porém os dois Municípios trabalham em parceria administrativa. A sede administrativa está situada em Paraíso do Norte. Com a Coopcana, inicia-se o ciclo da cana em Paraíso do Norte, que levaria, nos últimos 20 anos, a cidade a um aumento de IDH, população e PIB consideráveis.

A geração de empregos, de acordo com a pesquisa industrial mensal de emprego e salário, divulgada em 2008 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade ficou na décima sétima posição no ranking nacional com 2920 empregos gerados.

Educação[editar | editar código-fonte]

O Município conta com as seguintes escolas:

  • Colégio Estadual Paraíso do Norte – EFM
  • Escola Municipal Vinte e Sete de Novembro – Educação Infantil e Ensino Fundamental
  • Escola Municipal Waigner Bento Pupim - Educação Infantil e Ensino Fundamental
  • Escola Nossa Senhora Aparecida - Maternal, Educação Infantil e Ensino Fundamental
  • Creche Rotary Lar Feliz - Educação Maternal e Pré – escolar.
  • Associação de Proteção à Maternidade e Infância - Educação do Menor Carente e Pré- escolar.
  • CMEI Francisca Coleta da Silva - Educação Infantil e Maternal
  • CMEI José Garcia Soller - Educação Infantil e Maternal
  • Escola de Excepcionais Leôncio Oliveira Cunha - Educação Especial
  • Faculdade UniBF

Cultura[editar | editar código-fonte]

Paraíso do Norte tem como prato típico a Leitoa Desossada à Pururuca. A festa, de mesmo nome, ocorre todos os anos no mês de setembro.

Outro evento é o festival de rock independente denominado "Paraíso do Rock".

Referências

  1. «Distâncias entre a cidade de Curitiba e todas as cidades do interior paranaense». EmSampa. Consultado em 22 de setembro de 2017 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.