Parasitoidea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaParasitoidea
Parasitidae
Poecilochirus sp.

Poecilochirus sp.
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Arachnida
Subclasse: Acarina
Ordem: Mesostigmata
Subordem: Parasitina
Superfamília: Parasitoidea
Antoon Cornelis Oudemans, 1901
Família: Parasitidae
Oudemans, 1901
Subfamílias

Parasitoidea é uma superfamília de ácaros predadores da ordem Mesostigmata, com distribuição natural cosmopolita.[1] O taxon é monotípico, tendo como única família a família Parasitidae. São ácaros relativamente grandes, com cores entre o amarelo e o castanho escuro. Predam uma larga variedade de microartrópodes e nemátodos, com cada espécie a ter uma relativa especialização em matéria de presas preferenciais. A família contém duas subfamílias, 29 géneros e cerca de 400 espécies.[1][2]

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

A família Parasitidae inclui três grupos taxonómicos – duas subfamílias e um grupo de gáneros ainda não alocados (incertae sedis):[3]

A subfamília Pergamasinae é normalmente encontrada em solos, não sendo conhecidos casos de dispersão por forésia entre as espécies que a integram. Contém 9 géneros, sendo que a maioria das espécies é bissexual.[1][2][4]

A subfamília Parasitinae é normalmente encontrada em ninhos de aves e tocas de pequenos vertebrados e de insectos ou em matéria orgânica em decomposição, desde algas a folhagem florestal em apodrecimento. A subfamília contém 20 géneros. Estes ácaros dispersam por forésia no estágio de deuteroninfa. O género Parasitellus está associado aos zangãos (Bombus), enquanto outros géneros estão associados a diversas espécies de abelhas e de escaravelhos.[1][2][5]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d B. OConner & Pavel B. Klmiov (3 de abril de 2004). «Bee Mites : Acari : Parasitiformes». Division of Insects, University of Michigan Museum of Zoology. Consultado em 23 de julho de 2009 
  2. a b c Zhi-Quiang Zhang (2003). «Other Beneficial Mites». Mites of greenhouses. Wallingford, Oxon ; Cambridge, MA: CAB International. pp. 211–212. ISBN 978-0-85199-590-8. Consultado em 23 de julho de 2009 
  3. Joel Hallan (ed.). «Parasitidae Species Listing». Biology Catalog. Texas A&M University. Consultado em 4 de setembro de 2010 
  4. David Evans Walter (15 de setembro de 2006). «Pergamasinae». Lucid Keys. Consultado em 24 de julho de 2009 
  5. Nathan Banks (10 de abril de 1915). The Acarina or Mites. A Review of the Group for the Use of Economic Entomologists. Report No. 108. Washington, D.C.: United States Department of Agriculture. Consultado em 23 de julho de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]