Paul Motian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Paul Motian
Frisell lovano motian by MT.jpg
Biografia
Nascimento
Morte
Cidadania
Atividades
Outras informações
Instrumento
Editora discográfica
Género artístico
Website
Causa da morte

Paul Stephen Motian (Providence, 25 de março de 1931Nova York, 22 de novembro de 2011) foi um baterista e compositor estadunidense de jazz.[1]

Ainda que desde muito pequeno já escutasse música e aprendesse a tocar a guitarra e a bateria, não se iniciou profissionalmente até 1954, quando se licenciou do serviço militar e se instalou em Nova York. Gravou e tocou com músicos como George Russell (1956), Tony Scott, Oscar Pettiford (1957), Lennie Tristano, Ao Cohn, Zoot Sims (1958), e realizou excursões ao estilo jam session, com Thelonious Monk, Coleman Hawkins e outros. Em 1959, incorporou-se ao trio de Bill Evans, junto com Scott Lafaro (substituído depois de sua morte, em 1961, por Chuck Israels), com os quais permaneceu seis anos e a partir do que se consolidou como um das baterias mais influentes da cena nova-iorquina dos anos 1960.

Trabalhou também com um grande número de músicos de free jazz e pós bop, entre os quais se destacam Paul Bley, Martial Solal, Gary Peacock, Albert Ayler, Pharoah Sanders e Dom Cherry. Depois, em 1968, integrou outro trio famoso, junto a Keith Jarret e Charlie Haden, com o qual permaneceu até 1977, gravando numerosos discos. Também realizou gravações como líder de banda, com seu próprio trio e, a partir de 1981, em quinteto, com Joe Lovano e Bill Frisell. Também esteve nas diversas edições da Liberation Music Orchestra de Haden, e com Carla Bley.[2]

Discografia como líder[editar | editar código-fonte]

  • Conception Vessel (ECM, 1972)
  • Tribute (ECM, 1974)
  • Dance (ECM, 1977)
  • Lhe Voyage (ECM, 1979)
  • Psalm (ECM, 1982)
  • The Story of Maryam (Soul Note, 1984)
  • Jack of Clubs (Soul Note, 1985)
  • It Should'vê Happened a Long Time Ago (ECM, 1985)
  • Misterioso (Soul Note, 1986)
  • One Time Out (Soul Note, 1987)
  • Monk in Motian (JMT, 1988)
  • On Broadway Volume 1 (JMT, 1989)
  • Bill Evans (JMT, 1990)
  • On Broadway Volume 2 (JMT, 1990)
  • Motian in Tóquio (JMT, 1991)
  • On Broadway Volume 3 (JMT, 1991)
  • Paul Motian and the Electric Bebop Band (JMT, 1992)
  • Trioism (JMT, 1993)
  • Reincarnation of a Love Bi (JMT, 1994)
  • Sound of Love (Winter & Winter, 1995 [1997])
  • At the Village Vanguard (JMT, 1995)
  • Flight of the Blue Jay (Winter & Winter, 1998)
  • 2000 + One (Winter & Winter, 1997 [1999])
  • Play Monk and Powell (Winter & Winter, 1998 [1999])
  • Europe (Winter & Winter, 2000 [2001])
  • Holiday for Strings (Winter & Winter, 2001 [2002])
  • I Have the Room Above Her (ECM, 2004 [2005])
  • Garden of Eden (album)|Garden of Eden (ECM, 2004 [2007]) ECM
  • On Broadway Vol. 4 or The Paradox of Continuity (Winter & Winter, 2005)
  • Time and Time Again (album)|Time and Time Again (ECM, 2006)
  • Live at the Village Vanguard (Winter & Winter, 2006 [2007])
  • Live at the Village Vanguard Vol. II (Winter & Winter, 2006 [2008])
  • Live at the Village Vanguard Vol. III (Winter & Winter, 2006 [2010])
  • On Broadway Volume 5 (2009) Winter & Winter
  • Lost in a dream (March 2010) ECM

Referências

  1. «Paul Motian, Jazz Drummer, Is Dead at 80». The New York Times. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  2. «Paul Motian». AllMusic. Consultado em 9 de setembro de 2015