Periférico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Add-on.

Na informática, um dispositivo periférico, ou simplesmente periférico, é um dispositivo externo auxiliar (ou acessório) usado para enviar ou receber informações do computador ligado à CPU (unidade central de processamento)[1]

Existem três categorias de dispositivos periféricos, com base no seu relacionamento com o computador:

  1. um dispositivo de entrada envia dados ou instruções para o computador, como mouse, teclado, scanner
  2. um dispositivo de saída fornece dados de saída do computador, como monitor, projetor, impressora.
  3. um dispositivo de entrada/saída executa simultaneamente as funções de entrada e saída, como um dispositivo de armazenamento de dados do computador.

Muitos dispositivos eletrônicos modernos, como smartphones e relógios digitais (que possuem conexão com a Internet), possuem interfaces que os permitem ser usados como periféricos de computadores.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Outras funções que são adicionadas ao processador através de cabos próprios: é o caso da Internet, pela placa de rede ou um aparelho roteador (router).

Periféricos de interface do usuário

Referências

  1. Laplante, Philip A. (2000). Dictionary of Computer Science, Engineering and Technology. [S.l.]: CRC Press. p. 366. ISBN 0-8493-2691-5. Consultado em 16 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 23 de setembro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre computação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.