Peristilo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Peristilo da Casa dos Vécios, em Pompeia

O Peristilo (em latim: peristȳlum; em grego clássico: περίστυλος) é a galeria de colunas que rodeia um edifício ou parte dele; ou o recinto rodeado de colunas ("como os átrios").[1]

Nos templos gregos, o peristilo assemelha-se a um corredor coberto e circundante, aberto lateralmente através de uma ou mais fiadas de colunas, circundando a estrutura central (por vezes tripartida: nau, pronau e opistódomo) dos templos.

No Império Romano, as casas (domus) dos cidadãos abastados possuíam igualmente um peristilo. Ao redor do peristilo dispunham-se as dependências mais importantes da residência: a êxedra (a sala de estar), o triclínio (a sala de comer) e o tablino (o escritório). As visitas de maior nível social ou amizade do dono da casa eram recebidas no peristilo, ao passo que os clientes de menor importância eram atendidos nas zonas mais externas da casa, ou mesmo às portas da casa (ianua, ostium).

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Real Academia Española; Asociación de Academias de la Lengua Española (2014). Diccionario de la lengua española, «peristilo» 23.ª edição ed. Madrid: [s.n.] ISBN 978-84-670-4189-7 

Ver também[editar | editar código-fonte]